MAIS UM ALAGOANO NA CORTE? Fernando Collor é cotado para Ministério das Relações Exteriores

Substituição tem como objetivo colocar figura política a frente da pasta

Depois que o atual ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, falhar e não conseguir negociar o empréstimo de aeronaves militares dos Estados Unidos para levar oxigênio ao Amazonas, cresceram as críticas ao trabalho do ministro e os rumores de que ele seria substituído em breve e deixaria com comando da pasta. O nome do ex-presidente e atual senador Fernando Collor (PROS-AL) já surge como alternativa.

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entendem que um bom desempenho da pasta é fundamental no momento de crise provocado pela pandemia, principalmente por conta do processo de negociações por vacinas e insumos para o combate à Covid-19. Para eles, seria fundamental que a pasta tivesse um político no comando. As informações são da coluna de Andréia Sadi

Apoiadores do presidente apontam o desempenho ruim de Araújo como  um dos principais causadores do atraso na campanha de imunização no país e os recorrentes ataques a outras nações, em especial a China, nas redes sociais como um dos principais problemas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!