Maior emergência alagoana atendeu pouco mais de 370 pessoas nessa quarta (19)

Os números de atendimentos do Hospital Geral do Estado (HGE) na quarta-feira (19) foram de 373 pessoas. Do total, 286 deles ocorreram na unidade hospitalar e 87 na Central de Triagem para Covid-19, no Ginásio do Sesi.

O hospital registrou 219 acolhimentos a pessoas com doenças crônicas, os casos clínicos (76,57%). Seguidos dos acidentes, com 64 vítimas (22,37%), das queimaduras, com duas entradas (0,69%) e de uma vítima de agressão (0,34%).

Dos acidentes, 38 deles aconteceram no ambiente doméstico (casuais), 22 no trânsito e quatro no trabalho. A agressão foi por arma de fogo. O gestor do hospital, o médico Paulo Teixeira, mencionou, ainda, que a unidade hospitalar contabilizou 209 altas, 57 internações, 20 transferências e 24 cirurgias.

Ele reforçou a referência do hospital no acolhimento aos casos de atendimento mais graves, como vítimas de agressões por arma de fogo e branca, assim como os politraumatizados de acidentes de trânsito e grandes queimados, “sem falar nos infartados e vítimas de acidentes vasculares ou de hemorragias digestivas, as chamadas urgências clínicas”.

Covid-19 – Na Central de Triagem, 65 pessoas foram submetidas ao teste rápido para o novo coronavírus e nove comprovaram o diagnóstico de Covid-19. O boletim de ocupação de leitos exclusivos para Covid-19 da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) revela que o HGE continua com 15% de leitos ocupados, o que equivale a três pacientes.




Botão Voltar ao topo