Maceió zera número de assaltos a coletivos pelo segundo mês consecutivo

Dados do Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac) da Secretaria da Segurança Pública (SSP) apontam que Maceió não registrou assaltos a ônibus no mês de julho. Com o resultado, a capital alagoana está há dois meses consecutivos sem nenhuma ocorrência desta natureza.

Para comparação, o mês de julho de 2019 teve um total de 10 assaltos e o mês de junho registrou oito ocorrências. De janeiro a julho de 2020, o Neac registrou 38 assaltos a ônibus, enquanto que no mesmo período do ano anterior ocorreram 68 assaltos. O percentual de redução, segundo a Análise Criminal, é de 44,1%.

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, disse que se trata de mais um grande resultado, alcançado de forma integrada pelas forças policiais. Mesmo durante a pandemia, unidades da Polícia Militar e da Polícia Civil garantiram a segurança das pessoas e trabalhadores do transporte público.

“As polícias Civil e Militar não pararam nos últimos meses e não registrar assaltos pelo segundo mês consecutivo demonstra o sucesso das ações realizadas. Parabenizo todos os policiais que diariamente garantem a segurança da população alagoana que utiliza o transporte público na capital, além de agradecer o apoio e parceria das empresas de ônibus e dos rodoviários”, afirmou.

O presidente em exercício do Sindicato dos Rodoviários (Sinttro), Hernande Santos, avaliou como positivo o resultado do mês de julho e afirmou que, nos últimos quatro anos, a capital tem observado uma queda significativa no número de assaltos a ônibus, o que também garante tranquilidade para motoristas e cobradores durante o turno de trabalho.

“Parabenizamos a Secretaria da Segurança e todos os policiais por este serviço que estão prestando à sociedade. Estamos no segundo mês consecutivo sem assalto. Isso prova que, quando um trabalho é feito priorizando quem precisa, é possível combater os assaltos e garantir a segurança da população”, disse.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano (Sinturb), Guilherme Borges, também avaliou o resultado de forma positiva e acrescentou que a parceria existente hoje entre as empresas, trabalhadores do setor e a Secretaria da Segurança Pública se torna cada vez mais essencial tanto para os passageiros, quanto para os rodoviários, que sentem diariamente os efeitos das estratégias de segurança e não precisam mais se preocupar com assaltos dentro dos veículos.

“Dois meses sem registro de assaltos é um avanço para todos e deve ser comemorado. Vamos continuar contribuindo mensalmente com informações e iremos manter nossos ônibus com videomonitoramento para assim colaborar com o trabalho das polícias. Agradecemos à SSP pelo trabalho integrado e espero que tenhamos mais meses de assaltos zerados. Que essa seja a nova realidade do transporte de Maceió”, completou.




Botão Voltar ao topo