Léo Loureiro cobra soluções para problemas de funcionamento do matadouro de Viçosa

A retomada do funcionamento do matadouro de Viçosa foi tema do pronunciamento do deputado Léo Loureiro (PP) durante a sessão ordinária desta terça-feira, 30. De acordo com o parlamentar, o matadouro foi fechado e reconstruído, mas tem passado por diversos transtornos. “Hora está funcionando, hora está parado, hora está embargado… O Vale do Paraíba tem se demonstrado um grande criador de gado de corte, como é que o matadouro de Viçosa não existe mais?”, questiona Loureiro, destacando que várias famílias estão desempregadas. “Se estamos falando de pandemia, também temos que falar de pós-pandemia. Temos que facilitar a vida do cidadão e do trabalhador do campo, o agronegócio precisa se desenvolver”, disse ele.

Na sequência, Léo Loureiro criticou a recuperação do estabelecimento, que já consumiu mais de R$ 5 milhões na reforma. “Irei fazer uma visita ao secretário de Agricultura para obter informações sobre a conclusão das obras do matadouro. Como podemos falar em revitalizar aquela região e fazer um trabalho pós-pandemia se o matadouro está fechado?”, perguntou o parlamentar.


Botão Voltar ao topo
Fechar