LAVA JATO: Renan Calheiros cobra investigação contra Rui Palmeira por recebimento de R$ 500 mil em propina

O sábado, 15, foi quente na política alagoana. O senador Renan Calheiros (MDB) lembrou que o prefeito de Maceió Rui Palmeira (PSDB) foi citado na Lava Jato por recebimento de R$ 500 mil em propina pagos pela Odebrecht e o gestor não gostou. Toda discussão foi via Twitter e Instagram.

Confira o que rolou

Renan Calheiros escreveu o que todos sabem: a Operação Lava Jato é seletiva e poupou Rui Palmeira de uma investigação mais detalhada.

E como resposta, Rui Palmeira tuitou:

Nos comentários, Pedrinho Calheiros defendeu o senador: “É ingrato. Ganhou emprego no Senado, ainda tá aí falando besteira”.

Em contraponto a Rui, Calheiros rebateu:

O senador e o prefeito trocam acusações desde as eleições de 2016, quando o senador reagiu aos ataques que sofreu de Rui durante a campanha eleitoral em Maceió.

Após a divulgação do resultado das eleições, Renan disse que se sentia aliviado por não ter mais que dar emprego ao prefeito em seu gabinete.

Artigos relacionados