Júnior Dâmaso reforça sua base e atrai pré-candidatos para o grupo de oposição

Aliados de peso apoiam a pré-candidatura do PTB em Marechal Deodoro

Aceito por metade dos deodorenses, segundo o resultado das últimas eleições em 2016, Júnior Dâmaso vem trabalhando pesado para montar uma chapa de oposição na terra dos Marechais, atraindo pré-candidatos a vereador. Muitos nomes já fecharam com o grupo.

De forma ousada e madura, o pré-candidato a prefeito pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) vem firmando aliança com outras siglas partidárias, como o PSL e o PDT.

Apoios expressivos começaram a surgir desde as últimas eleições. Dentre eles, os deputados estaduais Antônio Albuquerque e Jairzinho Lira, o senador Rodrigo Cunha e o deputado federal Nivaldo Albuquerque. Após, um evento do PDT, realizado no último dia 17 na cidade deodorense, também, pode contar com o apoio do ex-governador Ronaldo Lessa e, possivelmente, quem poderá se unir ao grupo é o deputado federal Marx Beltrão.

A atual gestão municipal vem sendo bombardeada, e é alvo de críticas até daqueles que confiaram seu voto à situação. Esforços, tentam minimizar o desgaste popular por meio de algumas minimas ações, visando as eleições de 2020.

O grupo de oposição vem trabalhando com solidez uma equipe forte e unida, alcançando com êxito seus objetivos para enfrentar nas próximas eleições em Marechal Deodoro o pré-candidato a reeleição, Claudio Roberto Ayres da Costa (o cacau), que tem como aliado o seu sogro, o deputado federal Sérgio Toledo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *