Jovem com muletas e arma falsa é detido após assalto a ônibus

assaltante

Um jovem de 21 anos, suspeito de roubar o celular do passageiro de um ônibus, foi preso nesta quinta-feira (19) em Cariacica, na Grande Vitória. O que chamou a atenção da polícia foi que Matheus Pereira Santana usa muletas, pois está com seis parafusos em um dos pés e platina. Com ele foi encontrada uma arma de brinquedo. O suspeito foi levado para a Delegacia Regional do município.

Matheus entrou no ônibus Transcol que seguia de Vitória para o Terminal de Jardim América, em Cariacica. A vítima foi um rapaz de 21 anos, que havia saído do dentista e voltava para casa no coletivo quando foi abordado.
“Ele entrou pela porta do meio, de muletas e sentou. Logo depois ele levantou de novo e ficou de pé perto da porta. Nesse momento eu recebi uma ligação importante e precisei atender, foi quando ele sacou a arma de dentro da bolsa e apontou para mim, exigindo o celular. Falou que se eu não passasse, atiraria em mim. O ônibus estava cheio, fiquei com medo de ele atirar e atingir mais pessoas”, disse.

O criminoso exigiu o celular dele e o ameaçou, mostrando a arma. Assim que pegou o telefone, desceu do ônibus e fugiu. A vítima desceu no Terminal de Jardim América e pediu ajuda a dois policiais que estavam no local. A Polícia Militar fez um cerco na região e conseguiu prender o suspeito, que já estava em outro ônibus.

“Ele entrou em um outro ônibus que estava atrás, antes do terminal. Quando eu desci, contei para a polícia, fiz o bloqueio do aparelho na frente dos policiais, e o cerco da PM conseguiu pegar ele. Mesmo na frente dos policiais, ele negou que o aparelho era meu”, contou.

Com ele, os policiais encontraram a arma falsa, que segundo a polícia, foi a mesma usada no assalto. Matheus negou o crime e disse que se machucou em um acidente. “Não roubei nada não, não tenho nada a declarar”, disse.
Para a vítima, a situação foi constrangedora. “A gente não espera que uma pessoa com deficiência física venha te assaltar. Mas a gente infelizmente tem que aguentar essa situação”, finalizou.

TV Gazeta

Artigos relacionados