“Jornal Nacional” bomba na web após repudiar Bolsonaro em editorial

O “Jornal Nacional” foi alçado aos TrendingTopics Brasil, no Twitter, após a leitura de um editorial da Globo, em repúdio às declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a jornalista Miriam Leitão. Bolsonaro afirmou que a contratada da emissora mentiu ao dizer que foi torturada e abusada durante a ditadura militar (1964 – 1985); as denúncias de Miriam constam em documentos oficiais acerca do regime.

Além do “Jornal Nacional”, Miriam Leitão e Renata Vasconcellos, responsável pela leitura da nota, também foram parar nos TTs. Bolsonaro já ocupava posição de destaque na rede social, desde o início do dia, através da tag #200DiasDeVergonha – referência aos primeiros meses de seu governo, informa o Terra.

O ‘Jornal Nacional’ arrastando a cara do presidente da república no chapisco“, definiu um usuário. “‘Jornal Nacional’ desmascarando mais um ataque de Bolsonaro a nossa democracia“, escreveu outra. “Queria ser tão educada assim quando se trata de falar do Bolsonaro. Depois desse vídeo do ‘Jornal Nacional’, minha admiração pela Renata só aumentou“, admitiu mais uma.

O editorial da Globo defendeu a honra de Miriam Leitão e lembrou que, antes de Bolsonaro, militantes do PT – e até o mesmo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – atacaram a jornalista. Também parabenizou Miriam pela “independência em relação a governos, sejam de esquerda, de direita ou de qualquer tipo“.

20/07/2019

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *