Jobson é preso no Pará acusado de estuprar 4 adolescentes

Jobson. Friburguense x Botafogo, pelo Campeonato Carioca no estadio Eduardo Guinle . 18 de fevereiro de 2015, Nova Friburgo, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva / SSPress.

Jobson não ofereceu resistência aos policiais e foi encaminhado para a delgacia de Conceição do Araguaia, no estado do Pará. Um quinto estupro também está sendo investigado em ação liderada pelo delegado Rodrigo Motta. O jogador deverá prestar depoimento e, posteriormente, encaminhado ao juiz responsável pelo mandado de prisão.

“Ele aliciava as garotas para fazer festas com bebidas e drogas e as levava para sua chácara ou para outros lugares. São quatro adolescentes, uma vai completar 13 anos, a outra já tem 13 anos completos e as outras duas têm 14 anos completos”, explicou um dos policiais envolvidos na operação.

Jobson está proibido de atuar profissionalmente em âmbito mundial após ter se recusado a fazer o exame antidoping na época em que ainda atuava pelo Al Ittihad, da Arábia Saudita. Sua punição vale até 31 de março de 2018 e seu recurso foi negado pela Corte Arbitral de Esporte em março, quando tinha esperanças em voltar a vestir a camisa do Botafogo.

Duas das vítimas informaram à polícia que consentiram as relações sexuais com Jobson, no entanto, relataram que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e entorpecentes quando se envolveram com ele. Já nas duas vítimas mais novas, de 12 e 13 anos, foi comprovado conjunção carnal após a realização de exames da perícia.

noticias.terra

Artigos relacionados