Jair Bolsonaro: “Ninguém é obrigado a tomar vacina”

O presidente Jair Bolsonaro declarou, nesta segunda-feira (31), que nenhum brasileiro é obrigado a tomar a vacina da Covid-19. A afirmação foi feita a uma apoiadora que estava no “cercadinho” do lado de fora do Palácio da Alvorada.

A mulher, que disse ser da área da saúde, afirmou a Bolsonaro que “esse negócio da vacina é perigoso”.

– Ô, Bolsonaro, não deixa fazer esse negócio de vacina, não, viu? Isso é perigoso – disse a mulher.

Bolsonaro respondeu negando a obrigatoriedade da vacina.

– A vacina, ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina – disse.

A mulher completou e afirmou não é possível colocar uma vacina no mercado “em menos de 14 anos”.

– É isso aí. Sou da área de saúde, farmacêutica, e em menos de 14 anos ninguém pode botar uma vacina no mercado – afirmou a mulher.

Até o momento, três vacinas já receberam autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para serem testadas na população. São elas a da China, do Reino Unido e da Alemanha/EUA.

O governo do Paraná está negociando para obter a vacina da Rússia, que ainda segue cercada de poucas informações e dados sigilosos e sem respaldo.

Com informações de Pleno News




Botão Voltar ao topo