INFLUÊNCIA DIGITAL! Ranking indica os políticos com a melhor performance nas redes sociais em Alagoas

O desempenho de políticos e prefeituras nas redes sociais foram classificadas pela primeira vez no Estado e traz dados surpreendentes.

As redes sociais devolveram aos eleitores aquela sensação de proximidade com o candidato que só existia durante a campanha eleitoral. Agora, a população tem acesso ao dia a dia, hábitos e atividades dos políticos. Mas não é todo candidato que possui habilidades com as ferramentas digitais ou utilizam essas ferramentas fora da realidade do seu público. Divulgado pela primeira vez no Estado, o Ranking KNEW de Influência Digital aponta quais políticos possuem o melhor desempenho e têm a melhor audiência nas redes sociais em Alagoas (Pernambuco).

Resultado de uma pesquisa detalhada, que levou em consideração o número de usuários por cidade e estado, o ranking destaca os políticos que mais influenciam em Alagoas(Pernambuco) nas redes sociais. São duas categorias: Desempenho que é a taxa que mede a interação real do usuário em cada canal. E Audiência que é a taxa que mede o potencial de alcance do canal. Na liderança de Desempenho está o senador Fernando Collor, o deputado federal Nivaldo Albuquerque, o deputado estadual Antônio Albuquerque, a Prefeitura de Belém, o prefeito Marcos Lisboa e o vereador Cleber Costa. Já na liderança de Audiência está o senador Renan Calheiros, o deputado federal Marx Beltrão, o deputado estadual Breno Albuquerque, a Prefeitura de Mar Vermelho, a prefeita Juliana Almeida e o vereador Kelmann Vieira. 

O que chama atenção é que esse ranking aponta a falta de diálogo entre o político ou sua administração – como é o caso das prefeituras – e o seu público. O CEO da KNew Estratégia, Flávio Holanda, explicou o que pode causar essa falta de proximidade. “Ele precisa fazer a mensagem chegar até a população, isso requer técnica e estratégia. A base de fãs pode ser alta, mas é preciso ter certeza de que o público está de fato incluído nesse universo. Essa é uma das principais causas”, afirmou ele.

A técnica a ser aplicada para reverter o baixo desempenho depende totalmente da estratégia do político, não há fórmula pronta a ser seguida. É preciso pensar na quantidade de publicações, no conteúdo, na mensagem que deve ser passada e na interação com aquela comunidade, esses são os pontos principais. “Qualquer estratégia que seja adotada sem antes pensar no público é mero estrelato e o trabalho de representante do povo não vai estar demonstrado ali”, disse Holanda. 

O RANKING

A metodologia exclusiva da KNew minerou dados públicos, com base na quantidade de usuários de cada rede social por cidade e Estado. Foram mais de 3.100 publicações realizadas pelos perfis e páginas analisados e aproximadamente 800 perfis buscados no período de 15 a 21 de junho de 2020. Com esses dados extraídos das plataformas Facebook, Twitter e Instagram, o cálculo do ranking passou a ser mais fiel as realidades locais, mostrando quais são as melhores estratégias para um bom desempenho e a prática efetiva da comunicação com a população.

Foram analisados apenas perfis abertos no Instagram, páginas no Facebook e contas ativas no Twitter. Canais com mais de 60 dias sem publicações foram considerados inativos e inexistentes. Todos os dados foram extraídos no prazo máximo de 12 horas entre os analisados de cada categoria e para o desempenho, apenas publicações com mais de 24 horas foram contabilizadas.




Botão Voltar ao topo
Fechar