Humberto Martins ganha força para o STF

Bolsonaro tem sido aconselhado a nomear Humberto Martins, atual presidente do STJ, para a vaga de Marco Aurélio Mello no Supremo.

O decano se aposenta no dia 5 de julho e o anúncio do substituto está programado para o início de maio.

Martins tem o apoio da ala anti-lavajatista do próprio STF e de grandes bancas de advogados, que incluem ex-ministros.

O presidente do STJ foi um dos padrinhos da indicação do diretor-geral da PF, Paulo Maiurino, que cuidava do inquérito de bolso aberto com base nas mensagens roubadas da Lava Jato.

O presidente do STJ também tem seu filho Eduardo Martins no alvo da Lava Jato do Rio, que acusa o advogado de vender influência na Corte

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!