Hospital recém inaugurado é alvo de críticas por falta de estrutura

Durante a sessão plenária desta quarta-feira, 23, o deputado Cabo Bebeto (PTC) voltou a criticar as ações do Governo do Estado. Desta vez, ele cobrou explicações ao Executivo sobre a inauguração do Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), na última segunda-feira, sem que, entre outras falhas, o mesmo estivesse com as instalações elétricas completas. “Eu recebi áudio de um vereador lá de Delmiro Gouveia, que está internado na UPA, precisando de uma vaga. A vaga não existe no hospital que foi inaugurado, porque está sem energia”, contou Bebeto.

“O vereador Geraldo Xavier está aguardando regulação, pois não tem vaga no hospital que foi inaugurado anteontem”, reforçou o parlamentar. Cabo Bebeto prosseguiu taxando o Governo de demagogo e de apresentar uma política midiática. “Que não mata a fome de ninguém, não salva a vida de ninguém – que não esteja ligado a ele -, e a população clama e pede socorro”, criticou o parlamentar.

Na sequência, o deputado Davi Maia (DEM) colaborou com a fala de Bebeto, dizendo que entrou em contato com a família do vereador Geraldo Xavier e recebeu a informação de que o quadro clínico dele é estável. “Ele está fazendo o tratamento na UPA. Mas é de se admirar como o Governo faz a inauguração de um hospital que não tem energia elétrica, funcionando a partir de gerador”, repudiou Maia.

Por outro lado, o líder do Governo na Casa, deputado Silvio Camelo (PV), esclareceu que o novo Hospital Regional do Alto Sertão funciona de forma regulada. “O paciente precisa estar internado e a regulação é que faz essa transferência. Se (o vereador) ainda não foi transferido para lá é porque existem outras unidades que podem receber esse paciente”, informou o governista.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo