Hospital da Mulher cria bilhetes motivacionais para pacientes com Covid-19

Pequenas iniciativas para tentar minimizar não só a saudade de quem está isolado durante a internação para se recuperar do novo coronavírus, mas, também, para aqueles que estão atuando na linha de frente contra a doença. Pensando nisso, as equipes de lideranças de enfermagem do Hospital da Mulher Dr.ª Nise da Silveira (HM), no bairro Poço, em Maceió, tiveram a ideia de enviar pequenos bilhetes motivacionais, tanto para os pacientes internados com suspeita ou confirmação da Covid-19, quanto para os profissionais.

Abraçada com o filho, o pequeno Luiz Henrique dos Santos Lorenzo, de apenas cinco anos, Léa Maria dos Santos, de 31 anos, gostou bastante da iniciativa do hospital. Ao retirar a mensagem da caixinha com os dizeres “seja forte, nada é impossível!”, ela ficou alguns segundos com os olhos fechados, concentrada, talvez, para encontrar a força que existe dentro do vínculo da maternidade. Porque, para ela, “é no momento em que você enxerga essa força que o caminho começa a ter mais luz”.

Luiz Henrique está internado há 11 dias na UTI Pediátrica do HM com confirmação positiva para a Covid-19. A criança, que é asmática, mora com a família no município de Atalaia, distante 47 km da capital. “A mensagem trouxe um conforto pro meu coração. Vocês conseguiram me abraçar com as palavras”, disse Léa, que também é mãe de Julia Mirelle Santos Lorenzo, de nove anos.

De acordo com Renata Pessoa, coordenadora de enfermagem do HM, a iniciativa é uma forma de humanizar ainda mais o atendimento de quem perdeu o contato físico com os familiares e os amigos, em virtude da Covid-19. “Percebemos a necessidade de tirar essa ideia do papel e colocá-la em prática, visto que a maioria dos pacientes internados no hospital está sem acompanhantes. Inclusive, muitos dos nossos profissionais precisaram se afastar de seus familiares, pois maridos, esposas, filhos, avós e tios fazem parte do grupo de risco para o novo coronavírus. Sentir saudade neste momento é inevitável. Portanto, o projeto foi concebido pensando em algo que pudesse motivá-los a acreditar que isso é uma fase cinzenta e, logo, logo, vai passar”, explicou.

Ainda segundo a coordenadora de enfermagem do HM, cada setor de internação possui uma caixa com as frases motivacionais. Cada líder irá passar nas enfermarias, na qual o paciente vai retirar uma frase e, junto daquela mensagem que ele estiver lendo, o enfermeiro de plantão vai estimulá-lo em relação à melhora do seu quadro clínico. “Na UTI Pediátrica, como grande parte das crianças ainda não sabe ler, são as mães que vão fazer esse movimento por elas. Paralelo a isso, os líderes da enfermagem perceberam, durante as conversas em reunião, a necessidade de realizar, também, a iniciativa com os profissionais do hospital, como forma de levarmos humanização, integração e aproximação entre as equipes”, acrescentou.

Dentre as frases selecionadas, estão “continue acreditando, pois sua família está te esperando”, “você é mais forte do que pensa” e “isso vai passar”. Para a enfermeira Andréa Teodozio, as mensagens motivacionais conseguem trazer humanização e acolhimento ao paciente junto à equipe de enfermagem. “O isolamento pode causar desde a ansiedade até a depressão. Por isso, esse movimento de humanização é voltado para que os pacientes voltem a acreditar em si mesmos. O intuito maior é de tranquilizar o paciente, trazendo, deste modo, um apoio a mais para quem esteja longe deles nesse momento de recuperação”, destacou.




Botão Voltar ao topo