Homem morre após trocar tiros com policiais civis em Arapiraca

Arma usada pelo suspeito. Foto: Divulgação/PCAL

Um homem morreu após uma troca de tiros com policiais civis na manhã desta quinta (29), em Arapiraca. De acordo com a polícia, os agentes estavam indo cumprir um mandado de prisão contra o suspeito, que reagiu atirando várias vezes até ser baleado.

Segundo a Polícia Civil, o homem tinha envolvimento com crimes de roubos a bancos, era acusado de executar um policial militar e de planejar a morte de um juiz federal. O suspeito  era integrante de uma organização criminosa atuante em todo o país e ainda tinha tentado assaltar um carro-forte no Pará.

De acordo com o relato policial, o foragido estava em uma carreta que foi abordada na região conhecida como “Sítio Poção”, zona rural de Arapiraca, e reagiu a prisão efetuando vários disparos contra a equipe do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (TIGRE), que revidaram à injusta agressão sofrida. Ele ainda foi socorrido e encaminhado a Unidade de Emergência do Agreste, mas faleceu na unidade hospitalar.

Os Delegados Cayo Rodrigues, titular da Seção de Roubos a Bancos (SERB) e Gustavo Xavier, da DEIC, comandaram a ação no interior do estado que visava combater operação uma organização criminosa que atuava contra instituições financeiras e prender o foragido.

Com: Assessoria

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo