Homem é preso após se passar por empresário para obter fotos íntimas de mulheres


Um homem foi preso após se passar  por empresário para obter fotos e vídeos de mulheres nuas.

De acordo com as investigações, o falso empresário enviava fotos de um ator pornô nas redes sociais dizendo que eram suas para despertar o interesse de mulheres para conversas íntimas. Ele tem 23 anos, é estudante de psicologia e mora em União dos Palmares.

Após enviar fotos falsas, o homem pedia que as vítimas enviassem fotos nuas. Segundo o delegado Thiago Prado, o suspeito foi indiciado pelo crime de falsa identidade e divulgação de imagem de nudez sem consentimento da vítima.

Ele ainda será investigado pelos crimes de extorsão, porque foi constatado que ele pegou fotos íntimas de pelo menos 10 mulheres.