Hoje é Dia: Jorge Amado trabalhou pelo Dia do Escritor; saiba mais

O célebre autor baiano Jorge Amado (1912-2001), já havia, em 1960, escrito 11 (dos seus 16) romances. Ele era, na ocasião, vice-presidente da União Brasileira dos Escritores (UBE) e teve, juntamente, com o presidente da entidade e imortal da ABL, João Pelegrino Junior (1898-1983), a iniciativa de realizar o 1º Festival do Escritor Brasileiro. Além do evento, um decreto governamental instituiu a data do Dia Nacional do Escritor.

Era uma forma de garantir maior visibilidade ao profissional. Sessenta e um ano depois, promover a literatura ainda é desafio no Brasil. No acervo dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação, a memória da vida e obra de Jorge Amado, que atuou por essa data, é vasta em diferentes programas de TV, de rádio e também em publicações escritas de internet.

Para visitar o passado de um dos principais escritores brasileiros, o programa Recordar é TV traz imagens feitas de Advogado do Diabo (1986), da antiga TVE do Rio, apresentado por Osvaldo Sargentelli.

Na entrevista, Jorge Amado brinca que escreve o mesmo romance há 50 anos, em vista das recorrências das temáticas, como o povo baiano; a relação com o candomblé, o “coronelismo” e a diversidade cultural brasileira. Além disso, ele trata do período em que foi deputado federal, o amor pela esposa Zélia Gattai e as inspirações para escrever. A própria Zélia, Fernando Sabino, José Cândido e Alfredo Machado aparecem como entrevistadores.

Assista ao programa completo:

Em 2012, aliás, a TV Brasil fez uma série de especiais para celebrar o centenário do autor (como esta edição do programa Paratodos). Um deles foi o Ver TV, em que especialistas na obra de Jorge Amado detalham o legado do escritor para a literatura brasileira e para toda a representação da cultura nacional.

Reveja:

Outro programa da TV Brasil que destacou a história de Jorge Amado foi o De Lá Pra Cá (que foi ao ar em 2011). Outro tema tratado na atração foi a luta contra preconceito. Confira:

Obras de Jorge Amado ficaram conhecidas também pelas adaptações para cinema e TV. Gabriela, Cravo e Canela, Capitães de Areia, Dona Flor e Seus Dois Maridos, e Tieta do Agreste estão entre os exemplos. No caso de Tieta (que ficou conhecido também em telonas e telinhas), o livro começou a ser escrito em Salvador e foi concluído em Londres. Com 600 páginas, é um das histórias mais longas do autor e traz o complexo panorama social e cultural brasileiro. No programa História Hoje, da Rádio Nacional, mais detalhes sobre a obra.

Em matéria de 2017, a Agência Brasil trouxe uma entrevista com a biógrafa de Jorge Amado, a jornalista baiana Josélia Aguiar, que foi curadora da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) daquele ano. Por fim, o quadro Resenha Cultural, da Revista Rio, traz uma resenha sobre o livro Terras do Sem-Fim, lançado em 1946 e foi escrito quando o autor estava no exílio, na Argentina

Mulheres negras

Este domingo (25) também é Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha, e chama à reflexão para os direitos desse grupo. A data foi criada e divulgada internacionalmente em 1992, em Santo Domingo, na República Dominicana. Cerca de 200 milhões de pessoas que se identificam como afrodescendentes vivem na América Latina e no Caribe. Em 2014, no Brasil, foi instituído o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

O tema foi trazido em diferentes publicações da EBC. As publicações enfatizam também a história de Tereza de Benguela, que foi líder quilombola que viveu durante o século 18, nos arredores de Vila Bela da Santíssima Trindade, no Mato Grosso. Quando o marido morreu, ela virou líder da comunidade. 

A Agência Brasil e o Programa Viva Maria, da Rádio Nacional, por exemplo, em 2018, destacaram a necessidade de lutar contra o racismo e as violências que afetam mulheres negras.

Avós e agricultores

Ainda nesta semana, duas datas devem gerar homenagens especiais. O Dia dos Avós (26, segunda-feira) ganha significado especial neste período de pandemia, em que os idosos tiveram que ficar mais recolhidos em vista dos riscos da contaminação da covid-19. No ano passado, a Agência Brasil destacou o tema e as representações de idosos em diferentes culturas. 

No dia 28 (quarta), é dia do agricultor. A profissão tem elevada atenção em diferentes programas da EBC. Entre os programas, o Brasil Rural, da Rádio Nacional, que diariamente trata de temas relacionados a quem produz no campo. Na página do programa, você pode ouvir entrevistas e matérias sobre o campo. Outra atração que foca nas questões do campo e do agronegócio é o Agro Nacional, que vai ao ar às segundas, quartas e sextas-feiras, às 6h30, na TV Brasil. Para assistir os episódios, navegue pela página do programa

E na primeira semana da Olimpíada de Tóquio (siga a cobertura da Agência Brasil aqui), alguns feitos que entraram para a história dos Jogos Olímpicos fazem aniversário. É o caso da dobradinha verde e amarela no vôlei de praia durante os Jogos Olímpicos de Atlanta, que completa 25 anos: as duplas Jacqueline e Sandra e Adriana e Mônica, tornam-se as primeiras atletas brasileiras a ocuparem dois lugares no pódio – no caso, o primeiro e o segundo. No dia 27 de julho de 1976, João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, recebeu a medalha de bronze no salto triplo nos Jogos de Montreal. Também nesta semana, o iatismo brasileiro relembra as conquistas de Torben Grael e Marcelo Ferreira (venceram a classe Star) e de Robert Scheidt (ouro na classe Laser) nos Jogos de Atlanta.

Lista semanal com datas, fatos históricos e feriados:

25 a 31 de julho de 2021

25

Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha – a Rede de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, lutou, junto à ON, pelo reconhecimento do dia

Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. no Brasil, foi instituído por meio da lei nº 12.987/2014, o dia 25 de julho como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, homenageando Tereza de Benguela, símbolo de resistência e importantíssima liderança na luta contra a escravização

Dia Nacional do Escritor – data instituída por um decreto governamental após a realização do I Festival do Escritor Brasileiro, que foi organizado em 1960 pela União Brasileira de Escritores, a partir da iniciativa dos escritores brasileiros e então diretores da UBC, João Peregrino Júnior e Jorge Amado

26

Nascimento do jogador de futebol e treinador mineiro Telê Santana da Silva (90 anos)

Nascimento do dramaturgo, romancista, contista, ensaísta e jornalista irlandês Georg Bernard Shaw (165 anos)

Dia dos Avós – dia festivo em louvor à Santa Ana e São Joaquim que, venerados como pais da Santa Maria e avós do Menino Jesus, são considerados padroeiros dos avós e caseiros

Dia do Jongo – data estadual oficializada no Rio de Janeiro. A manifestação é considerada pelo Iphan, desde 2005, Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. É uma herança cultural dos grupos bantos da África Meridional, presente em diversos estados brasileiros

27

As duplas de vôlei de praia, Jacqueline e Sandra e Adriana e Mônica, tornam-se as primeiras atletas brasileiras a ocuparem dois lugares no pódio, nos Jogos Olímpicos de Atlanta (25 anos)

Cientistas da Universidade de Toronto isolavam pela primeira vez o hormônio fabricado nas células do pâncreas: a insulina. A descoberta permitiu controle da diabetes, doença até então mortal (100 anos)

O atleta brasileiro João Carlos de Oliveira, o João do Pulo, recebe medalha de bronze no salto triplo nos Jogos Olímpicos de Montreal (45 anos)

Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço – instituído pela Federação Internacional das Sociedades Oncológicas de Cabeça e Pescoço (IFHNOS) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), com o intuito de conscientizar a população

28

Dia do Agricultor – data criada através do decreto de lei nº 48.630, de 27 de julho de 1960, em comemoração ao aniversário de 100 anos da fundação do Ministério da Agricultura

Dia Mundial de Combate à Hepatite – após sua formação, em 2007, a Aliança Mundial das Hepatites uniu a causa de diversos grupos ao redor do mundo, instituindo a data oficial

29

Nascimento da regente do Império no Brasil Princesa Isabel (175 anos) – apelidada de A Redentora, foi a segunda filha, a primeira menina, do imperador Pedro II do Brasil e sua esposa, a imperatriz Teresa Cristina das Duas Sicílias. Como a herdeira presuntiva do Império do Brasil, ela recebeu o título de Princesa Imperial

A frase “Somos mais populares que Jesus Cristo”, dita por John Lennon, repercute nos Estados Unidos após ser publicada na manchete da revista Datebook (55 anos)

Iatistas brasileiros Torben Grael e Marcelo Ferreira vencem na classe Star do iatismo e ganham as segundas medalhas de ouro olímpicas (25 anos)

30

Nascimento da cantora, compositora, violonista e arranjadora fluminense Maria Rosa Canelas, a Rosinha de Valença (80 anos)

Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas – criado pela Assembleia Geral das Nações Unidas para conscientização em relação à situação das vítimas desse crime

31

Morte do compositor e pianista húngaro Franz Liszt (135 anos) – ganhou fama na Europa durante o início do século 19 por sua habilidade como pianista virtuoso. Foi citado por seus contemporâneos como o pianista mais avançado de sua época, e em 1840 ele foi considerado por alguns como o maior pianista de todos os tempos

Nascimento da atriz espanhola Henriqueta Brieba (120 anos) – nascida na Espanha, Henriqueta Brieba veio para o Brasil ainda adolescente. Seu primeiro papel de destaque em novela foi em Assim na Terra como no Céu, de Dias Gomes, em 1970

O iatista brasileiro Robert Scheidt conquista a medalha de ouro olímpica na classe Laser do iatismo (25 anos)

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo