HGE registra 1.152 atendimentos no último fim de semana

O Hospital Geral do Estado (HGE) registrou 1.152 novos atendimentos somente no último fim de semana. Foram 458 casos clínicos, 157 acidentes, nove agressões, um ferido por queimadura e uma tentativa de suicídio; e 527 pessoas buscaram os serviços da Central de Triagem para Covid-19.

Por outro lado, 404 pacientes receberam alta médica, 81 precisaram ser internados, 39 levados ao Centro Cirúrgico e 34 foram transferidos para outras unidades de saúde. O quantitativo é considerado alto e consequência do período de Carnaval, onde, mesmo com a orientação para o distanciamento social, muitos cidadãos festejaram ou abusaram do consumo de alimentos e bebidas nocivas à saúde.

“As festas clandestinas contribuíram para o encontro de pessoas e a empolgação leva ao consumo excessivo de bebidas alcóolicas e de alimentos industrializados, muito prejudiciais à saúde de quem convive com doenças crônicas, como a diabetes e a hipertensão. Depois da comemoração, o organismo mostra as consequências, que varia de um mal estar até doenças mais graves, como AVC [Acidente Vascular Cerebral] e Infarto [Agudo do Miocárdio]”, explicou o gerente do HGE, Paulo Teixeira.

Com o distanciamento social prejudicado, a Central de Triagem registrou 423 atendimentos no sábado (20) e 202 no domingo (21); e das 257 pessoas que apresentaram perfil para o teste que detecta o contágio com o novo coronavírus, quatro pessoas confirmaram a contaminação. Enquanto isso, todos os leitos intermediários exclusivos para pacientes com a doença estão ocupados no HGE.

Sexta-feira – O HGE notificou 597 atendimentos na sexta-feira (19), sendo 310 na unidade de urgência e emergência e 287 na Central de Triagem. Foram 219 casos clínicos, 85 acidentes, quatro vítimas de agressão e dois feridos por queimadura. Dos 119 testados para Covid-19 na Central de Triagem, cinco confirmaram o contágio. Também foram pontuadas 199 altas médicas, 66 internações, 28 cirurgias e 26 transferências.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!