HGE atendeu as vítimas do grave acidente de trânsito ocorrido em Maceió; confira o estado de cada uma delas

No início desta sexta-feira (23), o HGE atendeu duas vítimas do grave acidente de trânsito ocorrido na Avenida Fernandes Lima, no bairro Farol.

Quitéria Gonçalves de Amorim, de 46 anos, está em atendimento na Área Vermelha Trauma. Chegou acordada, assustada. Não lembra de nada do acontecido. “Ela é uma paciente politraumatizada e passou por uma fixação na pelve. Entretanto, seu estado de saúde é considerado estável. Já o marido chegou em estado grave”, diz o boletim médico emito pelo HGE.

José Cicero da Silva Santos, de 46 anos, está politraumatizado grave, foi intubado, e encaminhado direto para o Centro Cirúrgico do HGE. Ele já passou por procedimentos como uma drenagem de tórax e fixação da pelve. Está em uma cirurgia de face como a equipe de bucomaxilofacial e, posteriormente, será avaliado pela equipe da neurocirurgia.

“São vários os casos de acidentes de trânsito que chegam à emergência, muitos deles em decorrência de imprudência. As pessoas precisam entender que atitudes individuais podem desencadear consequências graves para elas e, também, para outras pessoas. Veículo que ultrapassa o sinal vermelho e atropela quem espera o sinal abrir; carro que sobe na calçada e o motorista não observa o pedestre; alguém que consumiu álcool e vitimou cidadãos. Bicicleta, carro, moto ou mesmo caminhão, qualquer que seja o veículo deve ser considerado uma arma fatal contra a vida”, alertou Paulo Teixeira.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo