HGE atende 61 vítimas de acidentes de trânsito durante o fim de semana

O fim de semana que seria lembrado pelas prévias carnavalescas em Maceió, caso não existisse a pandemia da Covid-19, foi marcado no Hospital Geral do Estado (HGE) pela elevada notificação de acidentes, os quais poderiam ser evitados com mais hábitos de prevenção e de atenção. Foram 179 acidentes no sábado (6) e domingo (7), sendo 107 casuais, 61 no trânsito de veículos e onze durante as atividades profissionais.

Entre os acidentes de trânsito, 26 procedências foram de colisões, 19 envolvendo motociclistas, sete capotamentos, cinco eventos com bicicletas e quatro pedestres foram atropelados. Para o cirurgião-geral Álvaro Bulhões, ainda falta muita consciência nas pessoas quanto à prevenção de acidentes e ao respeito à legislação do trânsito.

“O uso de celular durante a condução, o consumo de bebidas alcóolicas antes de dirigir, a desatenção nas vias, a não utilização de equipamentos de proteção, a velocidade acima da permitida e outros desrespeitos às normas do trânsito são posturas evitáveis que resultam no aumento de internamentos nos prontos socorros”, pontuou o cirurgião.

Outras notificações envolveram casos clínicos (289), agressões (10) e suicídio (3). Também foram registradas 350 altas médicas, 105 internações, 48 cirurgias e 41 transferências. E na Central de Triagem da Covid-19, dos 245 atendidos, 112 apresentaram perfil para o teste e nove confirmaram o contágio com o novo coronavírus.

Sexta-feira – A maior unidade de urgência e emergência de Alagoas registrou 534 novos atendimentos, sendo 305 na sede do HGE e 229 no Ginásio do Sesi. Foram 219 casos clínicos, 80 acidentes, cinco agressões e uma tentativa de suicídio. Ainda houveram 215 altas, 60 internações, 32 transferências e 19 cirurgias. E dos 124 testados na Central de Triagem, nove deram positivo.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!