HGE atende 60 vítimas de acidentes de trânsito no fim de semana

Um passeio quase terminou de forma trágica para o pequeno J.M.S. e seus familiares, no sábado a noite (17), depois que eles se envolveram em um acidente de moto, no interior do Estado. Os acidentes envolvendo motocicletas, em Alagoas, chegaram a 36 no último fim de semana, do total de 60 pessoas vítimas de acidentes no trânsito atendidas no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.

No caso do acidente em que se envolveram J.M.S. e sua família, ninguém teve maior gravidade. Os pais sequer precisaram de atendimento médico hospitalar, mas, a criança chegou ao HGE com escoriações e muito assustada. Infelizmente, outros pacientes não têm a mesma sorte e chegam de forma muito grave e, inclusive, alguns não resistem.

Os acidentes de trânsito são as principais causas de vítimas de traumas com múltiplas fraturas, que requerem um atendimento de emergência e procedimentos cirúrgicos específicos. Em caso de acidente, a população deve acionar imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), através do contato telefônico 192 ou o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL), pelo número 193, caso as vítimas estejam presas às ferragens dos veículos.

“A moto é um dos veículos mais perigosos no trânsito, ter cautela é primordial, cumprir com as normas de trânsito, nem se fala, pois um deslize pode ocasionar um acidente de grandes proporções. Ainda é considerável e preocupante ver pessoas que, distantes das grandes cidades, acham não ser necessário usar o capacete, cinto de segurança e outros equipamentos de proteção. O acidente acontece quando menos esperamos”, alertou o médico Paulo Teixeira, também gerente do HGE.

Além dos acidentes de trânsito envolvendo motos, a unidade hospitalar prestou assistência a 17 vítimas de colisões, cinco de atropelamentos e duas de acidentes com bicicletas. O HGE totalizou 1.017 atendimentos no fim de semana, incluindo os 209 da Central de Triagem para Covid-19. Dos acolhimentos, 758 foram casos clínicos, 237 acidentes, 17 agressões, quatro queimaduras e uma tentativa de suicídio. O hospital garantiu 587 altas, 176 internações, 87 transferências e 65 cirurgias.

Covid-19 – Na Central de Triagem, dos 209 atendidos, 25 se submeteram ao teste do novo coronavírus e dois apresentaram o diagnóstico positivo. O HGE encontra-se com uma ocupação de 90% dos leitos da UTI Covid-19, 100% dos leitos Intermediários e 4% dos Clínicos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo