Hemoal Maceió disponibiliza internet grátis para doadores de sangue

Como forma de tonar a experiência de doar sangue ainda mais gratificante, diante do gesto nobre que já representa salvar até quatro vidas, os doadores de sangue que comparecem à Unidade Maceió do Hemocentro de Alagoas (Hemoal) contam com um serviço de internet grátis. Com esta medida inovadora, os voluntários poderão acessar as redes sociais, sites de informação e, inclusive, convocar outras pessoas para doar e postar e compartilhar fotos do momento da doação, marcando o instagram @hemoalagoas.

Para assegurar o novo serviço aos doadores de sangue, foi disponibilizada uma rede wi-fi na recepção do Hemoal Maceió e, enquanto o voluntário aguarda a triagem clínica e o momento de entrar na sala de coleta, pode acessar a rede mundial de computadores sem gastar os dados móveis de sua operadora de telefonia móvel. O serviço representa mais uma ação do projeto de modernização da Hemorrede de Alagoas, conforme ressalta a gerente da unidade, médica Verônica Guedes.

“O doador de sangue é um verdadeiro herói, que merece ser tratado com respeito e deve receber todos os mimos possíveis. Por isso, disponibilizamos gratuitamente acesso à internet para que, enquanto aguarda o seu momento de doar ou, até mesmo, enquanto pratica o gesto solidário, possa resolver assuntos pessoais por meio do celular, se comunicar e interagir nas redes sociais”, salientou a gerente do Hemoal.

Critérios para doação – Os voluntários interessados em se candidatar à doação voluntária de sangue devem ter peso igual ou superior a 50 quilos e idade entre 16 e 69 anos. Também é necessário portar um documento de identificação com foto, segundo portaria do Ministério da Saúde. Para os menores de 18 anos é imprescindível estar acompanhado dos pais e portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis.

O impedimento para se candidatar à doação voluntária de sangue, ainda de acordo com o Ministério da Saúde (MS), atinge àqueles que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. Quanto às gestantes e lactantes, é proibida a doação e, para repetir o ato solidário, os homens devem respeitar um prazo de dois meses e as mulheres ficam impedidas de doar durante três meses.

Novo coronavírus – Quanto aos voluntários infectados pelo novo coronavírus, a doação de sangue fica impedida pelo período de 30 dias, contados após a recuperação. O impedimento momentâneo foi determinado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão vinculado ao Ministério da Saúde (MS). Já os que tiveram apenas contato com pessoas infectadas, devem aguardar 14 dias e, caso não apresentem sintomas da Covid-19, podem se dirigir até o Hemoal.




Botão Voltar ao topo