GTA emite nota técnica sobre situação do óleo nas praias de Alagoas nesta quarta (16)

NOTA

Situação do óleo nas praias de Alagoas

Grupo Técnico de Acompanhamento (GTA)

16/10/2019

O Grupo Técnico de Acompanhamento (GTA) se reuniu pela segunda vez, no final da tarde da terça-feira (16). Houve o balanço das atividades das entidades executadas junto com os municípios e as situações consideradas mais críticas. Conforme encaminhamento, na quarta-feira (16), por volta das 7h50, três horas antes da maré mínima, que acontece às 10h50, já havia gente fazendo a varredura da situação dos municípios onde houve aparecimento de óleo.

Ainda na quarta-feira (16) está em andamento e avaliação a forma de viabilizar a contratação de trabalhadores locais através do pagamento de diárias de serviço, para ação imediata no momento do aparecimento de manchas de óleo.

O GTA é formado por representantes dos órgãos estaduais – Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh); federais – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); e Marinha – Capitania dos portos. Contando ainda com o apoio das secretarias de meio ambiente dos municípios atingidos.

Litoral Norte

Em Japaratinga, após as 19h da terça-feira (15), começou a aparecer grande quantidade de óleo. No início da manhã da quarta-feira (16), a secretaria de meio Ambiente do município já estava no local com uma equipe para retirar as manchas. O secretário municipal foi orientado para contratar pelo menos 40 pessoas para executar o trabalho. A Capitania dos Portos se deslocou para a região com um grupo de apoio. A equipe do Ibama seguiu de helicóptero para o município a fim de avaliar a necessidade de uso de máquinas que já estão sendo utilizadas.

Na Barra de Santo Antônio há uma equipe do Instituto do Meio Ambiente (IMA) fazendo um mutirão de retirada do óleo, junto com colaboradores e voluntários organizados pela prefeitura.

Litoral Sul

Em Coruripe, a Petrobrás contratou uma empresa para a retirada do óleo dos beachrocks (espécies de pedras existentes na areia), esta, por sua vez, contratou moradores da região para executar a atividade.

Em Feliz Deserto também há o aparecimento de óleo, mas o secretaria municipal de meio ambiente organizou uma limpeza no período da maré mínima.

No município de Roteiro (Gunga) a prefeitura continua com a ação de limpeza da praia através de voluntários e colaboradores. A ação tem o apoio também de comerciantes ligados ao complexo turístico.

Ascom – 16/10/2019