Governo do Estado reconhece trabalho da Prefeitura de Maceió na proteção à mulher

Pela primeira vez, capital recebeu o Prêmio Município Amigo da Mulher

As políticas da Prefeitura de Maceió de proteção, cuidado e empoderamento da mulher foram reconhecidas, pelo Governo de Alagoas, por meio do Prêmio Município Amigo da Mulher. A honraria é concedida pela Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh) e está em sua terceira edição. Esta é a primeira vez que a capital alagoana é selecionada.

A premiação aconteceu na tarde desta segunda-feira (6), no Hotel Jatiúca, na capital. A coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para a Mulher de Maceió, Ana Paula Mendes, representou a administração municipal na solenidade. Gestores de cidades homenageadas e integrantes da rede de acolhimento das mulheres vítimas de violência doméstica também estavam presentes.

Este ano, o prefeito de Maceió criou o Gabinete de Políticas Públicas para a Mulher, iniciativa pioneira que foca em ações de proteção e defesa das mulheres na capital. O órgão funciona na sede da Prefeitura e está diretamente ligado ao Gabinete do Prefeito. 

“Criamos o Gabinete do zero. Além disso, somos grandes parceiros da Casa da Mulher e também estamos capacitando nossa Guarda Municipal, conselheiros tutelares e servidores dos Centros de Referência em Assistência Social. Nosso objetivo é que a mulher maceioense possa contar com políticas sérias e fundamentais”, pontuou o prefeito JHC.

Com o Gabinete da Mulher, a Prefeitura assinou um convênio com o Tribunal de Justiça de Alagoas para garantir o funcionamento da Casa da Mulher Alagoana, que beneficia as mulheres vítimas de violência atendidas no local. Lá, já foram atendidas cerca de 300 vítimas de violência.

Também este ano, o prefeito JHC lançou o Programa Salve Mulher, uma iniciativa inédita e um marco histórico no enfrentamento e prevenção à violência contra mulheres e meninas em Maceió. Além da confecção e distribuição da Cartilha Sobre o Combate à Violência Contra a Mulher e demais ações.

A gestão municipal também está trabalhando para ampliar as oportunidades das mulheres no mercado de trabalho. Com iniciativas de capacitação, o Município busca garantir a independência financeira das mulheres da capital.

No discurso que proferiu, logo após receber o reconhecimento em nome da prefeitura, Ana Paula Mendes destacou a importância de o município receber o título de ‘Amigo da Mulher’ pela primeira vez, destacou o avanço da atual gestão na criação de políticas públicas efetivas para mulheres e conclamou as prefeituras a unir forças para retirar Alagoas do vergonhoso patamar de Estado com maiores indicadores de feminicídio do Nordeste.

“A premiação é um estímulo para que as prefeituras priorizem as ações voltadas para a proteção e empoderamento das mulheres. Isto só prova que a gestão do prefeito JHC está no caminho certo ao desenvolver projetos e criar programas, como o Salve Mulher, o Emprega Mulher e o Aluguel Maria da Penha”, destacou a coordenadora do Gabinete.

Para Ana Paula Mendes, este prêmio mostra que é fundamental otimizar e garantir políticas voltadas às mulheres maceioenses. “Seguimos a orientação do nosso prefeito JHC e estamos pensando ações concretas e necessárias para nossas mulheres e meninas. Esse é só o começo, ainda há muito por vir. Fico muito feliz e honrada por estar fazendo parte dessa história”, comemorou.

Os municípios foram selecionados através de edital, com envio de relatórios das ações promovidas em cada cidade. 

Além de Maceió, foram contemplados os municípios: Água Branca, Arapiraca, Campo Alegre, Delmiro Gouveia, Mar Vermelho, Maragogi, Messias, Palmeira dos Índios, Pilar, São José da Laje e São Miguel dos Campos. Os gestores ou representantes receberam um troféu, produzido pela artesã Silvania Maria Oliveira, a Maria Corá.

A secretária estadual da Mulher e dos Direitos Humanos, Maria Silva, destacou o quanto é necessário o acolhimento das mulheres, sobretudo àquelas que estão inseridas no contexto de vulnerabilidade social. Segundo ela, a estrutura do órgão está disponível para atendimento às demandas dos municípios, sempre com foco de salvar estas vítimas.

O evento também contou com a participação da major Daniele Assunção, comandante da Patrulha Maria da Penha, bastante citada nos discursos pelo trabalho realizado na proteção das mulheres.

Secom Maceió

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo