Funcionários são feitos reféns durante assalto a loja em Maceió

Três pessoas foram feitas reféns durante um assalto a loja de informática CityMcz, situada no bairro do Poço, em Maceió. O roubo aconteceu durante a tarde desta quarta-feira (1) e os dois suspeitos, que estavam armados, foram presos em flagrante. Apesar do susto, ninguém se feriu.

A guarnição motorizada da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) 01, que integra o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi acionada, por volta das 14h, para atender uma denúncia de assalto com reféns na Rua do Uruguai, localizada no bairro do Poço.

De acordo com os militares haviam três vítimas no local, sendo um homem de 41 anos, que era um cliente, a dona da loja, de 27 anos, e uma funcionária de 36 anos. Os dois acusados, que estavam sob posse de um revólver de calibre 22 com sete munições intactas, entraram no lugar como se fossem clientes, anunciaram o assalto e apontaram a arma para a cabeça da dona do estabelecimento.

Já a funcionária, foi amarrada em um canto da loja. Segundo informações das testemunhas, o assalto foi percebido pelo segundo dono do estabelecimento que estava na parte de trás da loja, viu tudo pelas câmeras e sob posse de sua arma legalizada deteve os suspeitos sem que nenhuma das vítimas se ferisse. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionado para socorrer um dos suspeitos que estava com um ferimento na cabeça, depois de ser medicado, ele e o segundo acusado foram encaminhados à Central de Flagrantes I, no Farol, onde foram autuados em flagrante por roubo, com emprego de arma de fogo, pela delegada plantonista. O revólver de calibre 22 e as sete munições foram apreendidas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo