FRANCISCO SALES: Em visita a órgãos, vereador solicita liberação do FGTS e ajuda Humanitária para Mutange e Bebedouro

Aproveitando sua ida a Brasília, o vereador Francisco Sales percorreu alguns órgãos e departamentos em busca de acelerar o andamento de ações que irão beneficiar os moradores dos bairros de Bebedouro, Pinheiro, Mutange e Bom Parto.

Na superintendência da Caixa Econômica Federal, o vereador solicitou a liberação do saque do FGTS para os moradores do Mutange e Bebedouro, além de protocolar o pedido para que o banco reconheça o laudo elaborado pela CPRM e libere o seguro a um grupo de moradores do Pinheiro.

“Esses moradores estão com toda documentação pronta para dar entrada no seguro, mas está emperrada dependendo desse reconhecimento. Pode parecer um detalhe, mas significa muito para esse grupo de moradores e vamos lutar por isso”, colocou Francisco Sales.

Ajuda Humanitária

Na Defesa Civil Nacional, em conversa com o secretário Alexandre Lucas, o vereador pediu explicações sobre o andamento do Plano de Ação Integrado do Governo Federal para estas áreas afetadas pelo afundamento do solo, assim como pediu uma celeridade na concessão da ajuda Humanitária para os bairro de Mutange, Bebedouro e Bom Parto.

“É preciso que a ajuda humanitária chegue para todas as famílias afetadas e com a máxima urgência. Já não basta as famílias estarem sem perspectiva de futuro nenhum em suas residências que lutaram uma vida para conseguir e ainda passarem por esse constrangimento de ter esperar sem uma data definida”, acrescentou Francisco Sales.

Polícia Federal no caso

Foi protocolado no Ministério da Justiça uma encaminhamento ao minstro Sérgio Moro pedindo a entrada da Polícia Federal na apuração dos crimes ambientais possivelmente praticados pela Braskem na área afetada.

Francisco Sales já havia protocolado em Alagoas o relatório da Comissão Espacial de Investigação (CEI) pedindo a apuração.