FEMINICÍDIO: DHC prende acusado de matar mulher no Conjunto Village 2, em Maceió, AL

Um homem de 53 anos foi preso na manhã deste domingo (4) pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por meio da equipe da 3ª DHC, sob o comando da delegada Tacyane Ribeiro.

Os policiais civis cumpriram mandado de prisão, expedido pela 9ª Vara Criminal da Capital.

O acusado era procurado por ter cometido o crime de feminicídio, que teve como vítima uma mulher identificada como Maria José da Silva, de 47 anos de idade. O crime aconteceu no dia 2 de julho de 2020, no Conjunto Village 2, em Maceió.

O corpo da vítima foi encontrado, enterrado em uma cova rasa no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió, apresentando várias lesões na região da cabeça. Familiares de Maria José relataram que ela estava desaparecida desde o dia 30 de junho.

O acusado foi encontrado no Povoado Mar Vermelho, na cidade de Girau de Ponciano, na região do Agreste alagoano.

O Núcleo de Inteligência da Delegacia de Homicídios, assim como o Laboratório de Operações Cibernéticas (CGCCO/DIOP /SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Publica, auxiliaram na localização do acusado.




Botão Voltar ao topo