Estágios em unidades assistenciais da Uncisal estão garantidos, afirma reitor

Atividades são ofertadas em clínicas e hospitais mantidos pela instituição

 

Os estágios nas várias unidades de saúde mantidas pela Uncisal estão garantidos e não há nenhum risco de suspensão, garante o reitor da instituição, Paulo Medeiros. Divulgação e Ascom
Os estágios nas várias unidades de saúde mantidas pela Uncisal estão garantidos e não há nenhum risco de suspensão, garante o reitor da instituição, Paulo Medeiros. Divulgação e Ascom

O reitor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Paulo Medeiros, afirmou que os estágios ofertados em clínicas e hospitais mantidos pela instituição estão assegurados e que não correm risco de serem suspensos. De acordo com ele, a gestão da universidade tem trabalhado para adquirir os suprimentos necessários, atendendo aos critérios estabelecidos pela legislação.

“Os estágios estão garantidos tanto no Hospital Escola Hélvio Auto, quanto na Maternidade Escola Santa Mônica, no Hospital Escola Portugal Ramalho, no Centro de Reabilitação e no Laboratório de Especialidades. Não há nenhum risco de suspensão. A gestão da universidade tem trabalhado para suprir problemas pontuais de abastecimento e tem se reunido com os responsáveis pelas unidades para evitar que os estudantes sejam prejudicados”, frisou.

Medeiros lembrou, no entanto, que a aquisição de suprimentos atende a uma lei específica, chamada Lei de Licitações e Contratos (Lei nº 8.666/93), e que critérios técnicos devem ser observados. “Existem diversas etapas que, obrigatoriamente, devem ser seguidas para que o gestor não vá de encontro à lei. Consequentemente, há um tempo até que os produtos cheguem às unidades”, acrescentou.

Além de ter que atender aos critérios estabelecidos por lei, o reitor lembrou que a universidade convocou, entre o final do ano passado e o início deste ano, os aprovados no último concurso público lançado pela Uncisal, o que provocou a substituição de colaboradores contratados por meio de Processo Seletivo Simplificado e fez com que os novos servidores tivessem que se ambientar às rotinas de trabalho.

“A gestão da universidade está atenta às demandas das unidades e dos profissionais e estudantes que as integram. No entanto, mais uma vez, nós temos que ficar atentos aos critérios técnicos para adquirir o material necessário”, ponderou.

ESTAGIO3PAULOMEDEIROS

Por fim, Medeiros ressaltou o compromisso com a melhoria constante das rotinas de trabalho e anunciou que receberá uma comissão do Diretório Central dos Estudantes (DCE) para discutir a pauta de reivindicação apresentada pelos universitários.

Eduardo Almeida – Agência Alagoas

Artigos relacionados