Estado vai recuperar Marco Referencial do Alagoinhas; em breve, Ordem de Serviço

Governador Renan Filho assegurou que ordem de serviço será assinada em breve

581ff2f73e78a41b3434613b9c4e7745_l

A recuperação do marco referencial do Alagoinhas é uma das metas da gestão estadual. Durante a entrega da Nova Unidade de Internamento Masculina de Jovens/Adultos, na manhã desta sexta-feira (07), o governador Renan Filho ressaltou a importância da obra e que irá revitalizar o ponto turístico. Ele confirmou que será dada, nos próximos dias, a ordem de serviço para o início das obras e até o próximo ano, a obra será entregue a população.

“Estive esta semana em Brasília com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que firmou com o Governo de Alagoas, a parceria para iniciarmos a recuperação do Alagoinhas. A obra em si não é tão grande, mas como teremos que revitalizar todas as colunas que estruturam aquela área, será uma obra demorada. Já que teremos que trabalhar somente quando a maré estiver baixa”, comentou o governador.

A obra é de extrema importância para Maceió e para a população alagoana, assim como, os turistas. Eles serão honrados com a oportunidade de verem nossas belezas naturais ainda mais de perto.

“Estou na fase final para já autorizar a ordem de serviço. Nos próximos dias, estarei cedendo o aval para o início das obras e espero entregar a população até o próximo ano”, concluiu Renan Filho.

Construção de novas orlas

Durante sua visita a Brasília-DF, essa semana, o governador Renan Filho cumpriu agenda com o recém-empossado ministro do Turismo, Marx Beltrão, concretizando também, uma importante parceria para a revitalização da orla lagunar.

“Iremos iniciar esta parceria e juntos encontrar alternativas para realizar as obras com recursos próprios e avançarmos”, disse Renan Filho.

A orla Lagunar e toda população que reside no entorno sofre reivindicando há muito tempo com a Prefeitura de Maceió. A nova parceria, que também ingressará na recuperação de pontos turísticos da capital, beneficiará os alagoanos, assim como, o desenvolvimento turístico e econômico do Estado.

Maynara Rocha – Agência AL

08/10/16

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *