EM ALAGOAS: PF faz operação contra suspeitos de incitar agressão durante eleição de 2018

Na manhã desta quarta-feira (22), a Polícia Federal em Alagoas realiza a operação “Levante Alagoas” que investiga a utilização de perfis de uma rede social para divulgar mensagens que incitavam eleitores a se rebelarem contra o resultado das eleições presidenciais em 2018.

Durante a operação foi cumprido um mandado de busca e apreensão no bairro do Prado, em Maceió. Foram apreendidos computadores, notebooks e mídias digitais que serão analisados. As investigações tiveram início em janeiro de 2019.

De acordo com PF, foram identificadas várias mensagens incentivando a paralisação do Brasil e a adoção de processos violentos por parte de eleitores e entes estatais com o objetivo de alterar eventual resultado indesejado das eleições.

Ainda segundo a PF, as pessoas investigadas poderão responder pelos crimes de “fazer, em público, propaganda de processos violentos ou ilegais para alteração da ordem política ou social” e de “incitação à subversão da ordem política e social”, previstos nos artigos 22 e 23 da Lei 7.170/73. A pena prevista para cada crime varia de 1 a 4 anos de prisão.




Botão Voltar ao topo
Fechar