ELEIÇÕES 2020: Polícia Federal afirma que não houve prisão de grupo supostamente ligado a João Henrique Caldas por crime eleitoral

A Polícia Federal informou na manhã deste domingo (29) que não houve prisão de grupo supostamente ligado ao candidato João Henrique Caldas (PSB) por crime eleitoral.

As pessoas foram detidas no município de Rio Largo e encaminhadas pela Polícia Miliar para sede da Polícia Federal, em Jaraguá.

O grupo prestou depoimento ao delegado que estava de plantão e foi liberado logo em seguida.




Botão Voltar ao topo