Educação intensifica ações de combate à evasão escola com semana da busca ativa

Após intensificar as ações de combate à evasão escolar durante sete dias de mobilização em toda a rede pública de ensino, a Secretaria da Educação encerra a Semana da Busca Ativa Escolar com impacto expressivo de alunos que retornaram às atividades presenciais. Na 7ª Gerência Regional, por exemplo, as unidades estaduais Dr. Paulo de Castro Sarmento e Padre Teófanes chegaram a zerar o número de jovens evadidos com 100% dos alunos matriculados.

“Na nossa regional, temos duas escolas nos municípios de São José da Laje e União dos Palmares, que conseguiram recuperar integralmente os alunos evadidos para o ambiente escolar. Além disso, todas as outras vêm apresentando ótimos resultados, se aproximando dos 90% de estudantes impactados com as ações de Busca Ativa Escolar” garantiu o chefe de rede da 7ª Gere, George Sena.

Seguindo a campanha ‘Fora da Escola, não Pode!’, as unidades da rede estadual estiveram em uma verdadeira força-tarefa durante toda a semana para resgatar alunos que ainda não tinham retornado à sala de aula. “Essa é uma iniciativa que acontece ao longo de todo o ano na nossa rede pública e que intensificamos nesta última semana. Foi uma movimentação geral de toda a comunidade escolar para que a gente possa, de uma vez por todas, trazer de volta para dentro da sala de aula esse aluno que, por algum motivo, tenha evadido. Não tenho dúvidas que esse é o ambiente mais seguro para eles estarem nesse momento” , destaca o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito.

Além das ações tradicionais, de ligações telefônicas e visitas domiciliares, cada escola realizou a campanha com atividades específicas a realidade da sua região. A mensagem da Busca Ativa passou pelas ruas das cidades, chegou às rádios e foi até as redes sociais. Como na Escola Batista Acioli, localizada em Maragogi, que investiu no chamamento dos estudantes através de vídeos divulgados nas redes sociais, assim como a Escola Prof Sebastião Felisberto de Carvalho, da Barra de Santo Antônio, que chegou a mobilizar digitais influencers para reforçar a campanha online.

BUSCA ATIVA NO SERTÃO

No município de Ouro Branco, Sertão de Alagoas, alunos e professores saíram em caminhada pelas ruas da cidade carregando cartazes e faixas da campanha, com o objetivo de chamar a atenção da população. A unidade de ensino se uniu à Secretaria Municipal de Educação para realizar as ações em todas as escolas da cidade.

Na histórica Piranhas, alunos e professores da Escola José Sena Dias fizeram uma panfletagem educativa nas ruas da cidade. Já em Inhapi, a Escola Estudante Ruben Nunes de Oliveira realizou o chamamento dos alunos através de anúncios automotivos nas ruas da cidade. Uma motocicleta levou para os bairros a mensagem com o objetivo de conscientizar a população sobre o retorno presencial seguro.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo