Delegado indicia acusado de dois homicídios

Jackweel é investigado também por tráfico de drogas e duas tentativas de assassinato

Jackweel
“Jackson Cordeiro” é acusado de vários crimes e está foragido (Foto: ASCOM/PC)

O delegado regional de Arapiraca, Gustavo Xavier, concluiu e enviou ao Poder Judiciário e ao Ministério Público dois inquéritos de homicídios qualificados, ocorridos no povoado Folha Miúda, em Craíbas.

Jackweel Cavalcante Cordeiro de Almeida, 23 anos, conhecido como “Jackson Cordeiro”, foi indiciado pelas mortes do deficiente físico Luiz Henrique de Araújo Peixoto e de Jair Paulino Correia.

O delegado representou pela prisão do acusado, uma vez que após praticar o homicídio contra Jair Paulino ele fugiu da cidade, e permanece foragido.

O primeiro crime ocorreu no dia 24 de novembro do ano passado, em um curral de gado do povoado Folha Miúda. O deficiente físico foi executado com um tiro de espingarda calibre 12, na cabeça.

As investigações apontaram que Luiz Henrique teria sido assassinado por causa de dívidas de drogas. A vítima era usuário e tinha saído um mês antes do centro de recuperação de drogados, na Cidade de Maria, passando a morar no povoado Folha Miúda.

Jair Paulino Correia foi morto com seis de revólver, calibre 22, no bar do Estrava, também em Folha Miúda.

Ele era amigo de infância do acusado, mas os dois tiveram uma desavença três dias antes do crime por causa de uma mulher com quem Jackweel tinha um relacionamento e teria se relacionado também com Jair Paulino.

Jackweel é ainda investigado por tráfico de drogas e por duas tentativas de homicídios, uma delas ocorrida no ano passado defronte à igreja do povoado Folha Miúda.

O delegado pede à população que continue denunciando criminosos pelo disque denúncia 181, ou pelos telefones da Central de Polícia de Arapiraca (3530.2747 / 3521.3969), inclusive quem tiver informações sobre Jackweel.

Todas as informações serão averiguadas com cautela e com sigilo absoluto.

Ascom PC/AL