DEIC prende homem foragido da Justiça acusado de homicídio em Maceió, AL

Policiais civis da Seção de Capturas, da Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), da Polícia Civil de Alagoas, sob a coordenação do delegado Gustavo Henrique, prenderam nesta terça-feira (20), um foragido da Justiça, em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 7ª Vara Crimina da Capital.

O homem de 34 anos foi preso no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió. A ação policial foi um desdobramento de uma operação realizada no dia anterior, também pela DEIC, que prendeu o irmão dele, por mandado de prisão em aberto no mesmo processo.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, no dia 9 de dezembro de 2016, por volta das 21 horas, o preso, na companhia do irmão, matou Marcelo Felipe Ferreira da Silva, crime efetuado na frente da casa da vítima, por disparos de arma de fogo, na Rua Santa Luzia, no bairro do Tabuleiro do Martins. A investigação ainda apontou que a motivação do crime foi o fato de a vítima ter pedido cerveja, minutos antes, à mulher do irmaõ dele, em um bar localizado no mesmo bairro, gerando ciúmes no comopanheiro dela.

“Diante do acervo probatório peoduzido ela Polícia Civil, o juizo da 7ª Vara pronunciou os dois irmãos, além de defretar-lhes a prisão preventiva no dia 6 de abril de 2017, momento em que eles passaram a condição de foragidos”, disse o delegado Gustavo Henrique.

Há cerca de dois meses os mandados de prisão foram recebidos pela DEIC, momento em que a unidade Especializada passou a realizar uma série de diligências, por meio dos policiais civis da Seção de Capturas, com o apoio do Disque Denúncia 181, resusltando na prisão dos dois acusados pelo homicídio.

“Ressalto mais uma vez a importância da ajuda dada pela população de bem no combate à criminalidade no Estado, por meio da ferrament Disque Denúncia 181, que nunca é demais lembrar, garante sigilo absoluto ao(s) denunciantes(s). Lembro que diversos criminosos têm sido retirados de circulação em Alagoas pela Seção de Capturas, exatamente por conta desse apoio da soceidade ao trabalho das forças policiais”, concluiu o diretor da DEIC.

Após a captura, o preso foi levado para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, onde foi formalizado o cumprimento di mandado de prisão, sendo em seguida conduzido ao sistema prisional, onde permanecerá a disposição da Justiça.




Botão Voltar ao topo