DEIC prende grupo criminoso especializado em furtar celulares durante festas em Alagoas

A Polícia Civil de Alagoas, por meio da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), deflagrou a operação denominada “festa no interior” voltada a combater grupo criminoso especializado em furtos de aparelhos celulares em festas. Na ação, seis pessoas foram alvos de mandados de prisão e busca domiciliar e 05 delas foram presas, incluindo o líder do grupo, na manhã desta quarta-feira (26)

Segundo o delegado José Carlos, o líder do grupo contratava o mesmo motorista de aplicativo e enviava um grupo de 04 pessoas a festas em Maceió, interior de Alagoas e até em estados vizinhos como Pernambuco e Sergipe. “Os furtadores se aproveitavam da multidão e do estado de embriaguez das vítimas e subtraíam diversos aparelhos celulares. Cada festa rendia entre 20 e 40 celulares para o grupo criminoso que, posteriormente, desbloqueava e vendia os telefones”, frisou a autoridade policial.

Ainda de acordo com o delegado, os investigados lamentavam diariamente a pandemia justamente pela ausência de festas e a impossibilidade de praticar novos crimes. O motorista de aplicativo integrante do grupo não foi preso pois faleceu há alguns dias, vítima de Covid-19.

As investigações apontaram também que havia uma tabela de preço de cada aparelho subtraído que era repassado ao líder do grupo. Além do principal receptador e líder da associação criminosa, foram presas pessoas envolvidas nos furtos e um dos responsáveis por retirar contas google e icloud dos aparelhos.

A operação, coordenada pelo delegado José Carlos, contou com equipes do Núcleo de Inteligência da DEIC, Seção antissequestro, Capturas, Tático Integrado de Grupos de Resgate Especial (Tigre) e equipes da Asfixia.

Os presos serão levados ao sistema penitenciário e ficarão à disposição da 10ª Vara Criminal da Capital.




Botão Voltar ao topo