Davi Maia questiona destinação de recursos do leilão que privatizou os serviços da Casal na RM de Maceió

O deputado Davi Maia (DEM) usou a tribuna da Casa nesta quarta-feira, 24, para pedir a união dos Poderes Legislativo e Executivo, a fim de encontrar uma solução para a destinação dos recursos oriundos do leilão de concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Região Metropolitana de Maceió. O leilão, ocorrido em setembro do ano passado, aconteceu na bolsa de valores B3, em São Paulo, e foi vencido pela BRK Ambiental, com um lance de R$ 2,009 bilhões.

Maia lembrou que na época o Poder Legislativo, de maneira célere e inteligente, possibilitou que o Governo do Estado realizasse o leilão. “Estavam previstos na ocasião recursos na ordem de R$ 250 a 300 milhões. Naquele momento, uma assembleia da região metropolitana se reuniu e encontrou uma destinação para estes recursos, que seriam investidos dentro de 13 municípios”, informou.

Porém, segundo o parlamentar, com o sucesso do leilão e às vésperas das eleições municipais, o governador reuniu os municípios e decidiu que os recursos seriam investidos de acordo com o orçamento do Governo, sem nenhuma prioridade para os municípios da região metropolitana. “Municípios, por exemplo, que tiveram perdas, como é o caso da Barra de Santo Antônio e de Marechal Deodoro; cidades que tinham serviço autônomo de água e esgoto, e localidades que investiram em saneamento, como Maceió”, afirmou.

Maia acredita ser importante convocar os municípios da região metropolitana para evitar a judicialização do processo. “A nossa proposta é muito simples: dos R$ 2 bilhões que Estado recebeu, queremos dividir metade para o Governo gastar com os investimentos e a outra metade seria dividida entre os 13 municípios da região metropolitana – sendo R$ 500 milhões para Maceió e os outros R$ 500 milhões para o outros 12 municípios afetados com a concessão”, concluiu.

Fazem parte da região metropolitana: Atalaia, Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Maceió, Marechal Deodoro, Messias, Murici, Paripueira, Pilar, Rio Largo, Santa Luzia do Norte e Satuba.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo