COVID-19: mais de 66.700 pessoas foram monitoradas nas Barreiras Sanitárias Municipais

Implantadas em São José da Laje, Novo Lino, Maragogi, Porto Real do Colégio, Delmiro Gouveia e Ouro Branco para evitar a entrada de pessoas com a Covid-19 em Alagoas, as Barreiras Sanitárias Municipais monitoraram 66.759 pessoas desde 13 de abril. Do total, 45.635 eram do sexo masculino e 21.124 do feminino e, destes, 16 apresentaram sintomas gripais e febre, recebendo o encaminhamento para realizarem o teste rápido do novo coronavírus e notificação compulsória imediata.

Ainda segundo os dados computados, das 66.759 pessoas monitoradas nas seis Barreiras Municipais da Covid-19, 3.163 eram crianças de 0 a 13 anos. Já 1.941 estavam na faixa etária da adolescência, entre 14 e 17 anos e 57.139 eram adultos, com idades entre 18 e 59 anos. Com relação aos idosos, os técnicos de enfermagem monitoraram 4.516 pessoas com 60 anos e mais.

De acordo o balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, 5.978 veículos foram abordados em São José da Laje, com 13.155 pessoas examinadas, e 6.984 carros foram parados em Novo Lino, com 13.099 triagens realizadas. Em Maragogi, 4.993 automóveis foram inspecionados na barreira sanitária e 10.217 passageiros e condutores monitorados, seguido por Delmiro Gouveia, que teve 5.614 veículos abordados e 9.970 pessoas examinadas.

Já no município de Porto Real do Colégio, 6.183 carros passaram pela blitz, e 15.210 pessoas tiveram sua temperatura corporal aferida. Já em Ouro Branco, cujo monitoramento começou no último dia 25 de maio, 2.712 veículos foram inspecionados e 5.108 triagens foram realizadas.

As barreiras sanitárias, conforme o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, desempenham importante função no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Isso porque, por meio delas, aqueles que entram em Alagoas pelas fronteiras estaduais, são monitorados e, caso apresentem algum dos sintomas da doença, prontamente recebem o encaminhamento para testagem e, em caso de confirmação da doença, ocorre a notificação imediata.

“As Barreiras Sanitárias Municipais implantadas nas principais fronteiras do Estado comprovam que estamos adotando todas as medidas necessárias para impedir a disseminação do novo coronavírus. Um trabalho realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança Pública [SSP], através do BPRv [Batalhão de Polícia Rodoviário]”, enfatizou Ayres.

Mais de 66.700 pessoas foram monitoradas nas Barreiras Sanitárias Municipais contra a Covid-19




Botão Voltar ao topo
Fechar