Cooperativa de Fisioterapeutas de Alagoas é referência em reabilitação pós-covid

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fadiga, fraqueza muscular e função pulmonar prejudicada. Essas são algumas das principais sequelas da Covid-19. Nos casos graves, esses sintomas são mais constantes, pois muitos pacientes passaram por Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) com registros de intubação e ventilação mecânica por longos períodos.

Há situações da forma moderada da doença que também tem um grau de comprometimento funcional. Portanto, o acompanhamento de profissionais de diversas áreas para quem apresenta sequelas são essenciais.

A reabilitação na síndrome pós- Covid realizada por fisioterapeutas tem sido indispensável para que os pacientes retornem às atividades laborais, sociais e esportivas. Intervenções terapêuticas são adotadas para aliviar os sintomas, tratar e prevenir complicações respiratórias, cardiovasculares, musculoesqueléticas e neurológicas, além de proporcionar restabelecimento da qualidade de vida.

Plano terapêutico

O novo coronavírus (SARS-COV2) pode afetar múltiplos órgãos e sistemas do corpo e as sequelas são variadas. Por isso é necessária uma avaliação individualizada para definir o plano terapêutico.

A análise deve ser voltada para as demandas do paciente, ou seja, vai de acordo com os sintomas apresentados para que se possa traçar as ações da reabilitação. O tratamento deve incluir uma série de exercícios essenciais para recuperação do paciente como respiratórios, de fortalecimento para aqueles que apresentam fraqueza muscular e de equilíbrio e controle neuromuscular. A frequência e duração vai depender do quadro de cada paciente e de como ele evolui ao longo das atividades.

Atendimento em Alagoas

A Cooperativa de Fisioterapeutas de Alagoas tem se dedicado ao serviço de reabilitação pós-covid. Com profissionais qualificados e experientes, a Fisiocoop tem realizado atendimentos com excelentes resultados.

Em muitos casos, os atendimentos começam ainda quando o paciente está internado, mas podem ser prolongados para o ambiente domiciliar. “O trabalho do fisioterapeuta tem sido essencial na reabilitação dos pacientes, pois na maioria dos casos é preciso reestabelecer a função motora e respiratória e profissionais especializados tem técnicas de sucesso para que isso ocorra”, disse o fisioterapeuta e cooperado da Fisiocoop, Nailton Ferraz.

A advogada Fátima Canuto e o marido foram pacientes da Fisiocoop. Eles tiveram Covid e precisaram de internação. Fátima teve mais de 70% de comprometimento pulmonar. No pós-covid necessitaram da reabilitação fisioterapêutica. “Os fisioterapeutas que nos atenderam mostraram competência, responsabilidade e compromisso. Tivemos 100% de recuperação da capacidade respiratória”, afirmou Fátima.

“Nós oferecemos um tratamento de qualidade aos nossos pacientes. A reabilitação pós-covid é a soma de tratamento eficaz, esforço do paciente e ajuda da família. Os familiares que convivem com os pacientes são parte ativa no processo. A união familiar é muito importante para plena recuperação do paciente”, concluiu Nailton.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo