Convocados da Educação agradecem oportunidade e dão relatos de expectativa

Foram meses de estudos e dedicação para conseguir passar no concurso público da Secretaria Municipal de Educação

Ao todo, 139 novos servidores devem tomar posse. Foto: Arquivo Pessoal.

As convocações do concurso da Educação nesta terça-feira (20) representaram para muitos o fim de anos de espera e a compensação por meses de estudos. Ao todo, 139 novos servidores devem tomar posse e se dedicarem ao aprimoramento da educação municipal de Maceió, que segue em rápida expansão. 

Uma dessas histórias é a de Fabiana Lúcia, que foi chamada para tomar posse como professora do Ensino Infantil na capital. Ela conta que chegou à metade de uma graduação em biomedicina, quando largou tudo para se dedicar à pedagogia.

“Minha mãe também foi professora, coordenadora e diretora na rede municipal. Quando ela chegava com o material dela eu me sentia atraída pelos textos e pelas vivências que ela me contava”, conta a professora. 

Fabiana diz ter se encantado pela educação e decidido de vez trilhar esse caminho. Foto: Arquivo Pessoal

Acompanhando a mãe em algumas datas comemorativas na Escola Municipal Professora Maria José Carrascosa, onde ela era diretora, Fabiana diz ter se encantado pela educação e decidido de vez trilhar esse caminho. Após formada e trabalhando em duas escolas, decidiu prestar o concurso da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em 2017. Foram noites de leitura e fins de semana dedicados aos estudos. 

O momento mais difícil, porém, foi o da espera para a convocação. “Essa espera foi bem difícil e de muita expectativa. Muitas vezes ficamos sem respostas, mas não desistimos e graças a Deus e graças à nova gestão começamos a criar expectativas reais de que essa nomeação seria possível”, diz Fabiana.

Priscilla diz que conciliava trabalhos e estudos para o concurso de 2017. Foto: Arquivo Pessoal

Percalços similares passou Priscilla Fernandes, também filha de professora aposentada e que conciliava trabalho e estudos para o concurso de 2017. Ela está entre os 49 professores convocados para tomarem posse na Educação Infantil do município.

“Foram anos que se passaram desde a prova, mas sempre estive confiante que o dia ia chegar e, graças a Deus, chegou e chegou no dia certo. Tudo correu bem”, relata a professora. 

Também convocado na terça, Thiago Caldas diz que está muito feliz em ser novo servidor público. Com um sonho antigo de se professor, ele diz que é apaixonado pela educação inclusiva. Thiago foi convocado para ser professor do 1º ao 5º ano. “Estou muito agradecido pela gestão do prefeito, que concretizou esse sonho, que é algo que todo concurseiro almeja”, diz. 

Com um sonho antigo de se professor, Thiago é apaixonado pela educação inclusiva. Foto: Arquivo Pessoal

Luan Oliveira (Estagiário) / Ascom Semed

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo