Conta de luz segue com taxa extra mais alta em agosto

Os brasileiros continuarão pagando mais na conta de luz no mês de agosto. A bandeira tarifária do mês seguirá a vermelha patamar 2, com custo de R$ 9,492 extras a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. O motivo é que o país vive uma das maiores crises hídricas de sua histórica, com seca.

Com isso, é necessário acessar as usinas térmicas, o que custa mais e é cobrado do consumidor. A taxa extra na luz foi reajustada em julho. Antes, custava R$ 6,24.

Criado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

Quando há pleno funcionamento das hidrelétricas do país, não há cobrança extra na energia e a cor da bandeira é verde, Há ainda a bandeira amarela e as vermelha nos patamares 1 e 2. Nestes casos, as cores indicam que a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Com a manutenção da bandeira vermelha em seu maior patamar é importante reforçar aos consumidores ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia, recomenda a agência.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo