Construção de 200 novas creches ampliará acesso à educação de base em Alagoas

Após anúncio feito em dezembro, o Governo de Alagoas confirmou a construção de 200 creches em todo o estado até o final de 2022. A informação foi divulgada pelo governador Renan Filho durante o lançamento do Cartão CRIA, o maior programa de transferência de renda da história alagoana, realizado na manhã desta segunda-feira (01) no Centro Cultural e de Exposições, em Maceió. O atendimento previsto é de 40 mil crianças. Os novos equipamentos vão criar 8 mil empregos diretos para profissionais da educação.

“Quero fazer pelo menos uma creche em cada cidade. Nas cidades maiores, faremos mais de uma”, garantiu o governador Renan Filho. “Cada creche gera 40 empregos diretos para os profissionais da educação, 200 vagas para crianças e R$ 1 milhão de reis de novos recursos do Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação] a cada ano. Isso vai garantir 200 milhões de acréscimo no Produto Interno Bruto (PIB) do estado”, exemplificou o governador.

Além de colaborar diretamente com a educação de base e com o Programa CRIA – Criança Alagoana – política pública destinada a fortalecer a primeira infância em Alagoas –, o acesso ao recurso financeiro a partir da construção de novas creches por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) também resultará no fortalecimento da economia local. “Isso significa mais emprego, mais renda circulando e, sobretudo, mais qualidade de vida para a nossa gente”, apontou Renan Filho.

“Uma verdadeira transformação estrutural na base da educação em Alagoas”, comemorou o secretário de Estado da Educação, Fábio Guedes, destacando que esse é mais um esforço do governo Renan Filho no fomento à educação, fundamental para o desenvolvimento pessoal, familiar e social. “As creches vão atender aos trabalhadores e às trabalhadoras, que merecem deixar os filhos num ambiente seguro e confortável. Isso vai garantir um futuro muito mais promissor para todos”, assegura.

“No primeiro momento, a responsabilidade dos municípios será a de providenciar a área destinada à construção dos equipamentos”, avisou o gestor, informando que a Seduc já mantém uma agenda de reuniões com os municípios.

Além das creches, a Seduc também vai contribuir com o Programa CRIA ofertando 2 mil vagas em cursos profissionalizantes na modalidade à distância para as famílias beneficiárias do Cartão CRIA, com início previsto para março deste ano. “Para o segundo semestre, caso as condições sanitárias permitam, serão ofertadas novas vagas com a possibilidade de cursos na modalidade presencial”, informou Fábio Guedes.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!