CONEDES! Com incentivos do Governo, empresas injetarão cerca de R$ 190 mi na economia alagoana

Com a instalação dos empreendimentos, Estado irá garantir a geração de aproximadamente 500 empregos diretos para a população

As ações de fomento ao desenvolvimento econômico seguem norteando as pautas positivas em Alagoas, mesmo em meio ao período de crise causada pela pandemia da Covid-19 em todo o país. Na 1ª reunião ordinária, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) aprovou, nesta terça-feira (9), a concessão de incentivos fiscais e locais para cinco empreendimentos, que devem injetar juntos mais de R$186,7 milhões na economia estadual e garantem a contrapartida de geração de aproximadamente 500 empregos diretos.

Com uma unidade já implantada no Polo Aprígio Vilela, em Marechal Deodoro, e já favorecida com incentivos fiscais do Governo de Alagoas, a gigante ZTT foi agora contemplada com a aprovação de benefícios locacionais para a instalação de uma nova indústria no estado. Uma das líderes globais em tecnologia de fibra ótica, a empresa investirá R$130 milhões adicionais, além de criação de 180 postos de trabalho direto e 540 indiretos.

“Esse projeto foi capitaneado e ‘batido o martelo’ durante a importante missão que fizemos à China em 2019, liderada pelo governador Renan Filho, que assegurou a ampliação da ZTT em Alagoas. O investimento diz respeito a uma nova planta de produção e não apenas a expansão da fábrica já existente no estado, que deverá atender, inclusive, ao mercado americano. Desde a sua primeira aprovação de incentivos até hoje, a unidade alagoana é a única do grande conglomerado internacional da ZTT em toda a América do Sul, além de atingir um patamar de contratação de mão de obra já acima do pactuado, que tem sido a grande prioridade deste governo: oportunidade e melhoria de vida ao povo alagoano”, reforça o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Ao lado do segmento de fibra ótica, os setores de transporte, alimentos, plástico e vidro também foram fortalecidos com a aprovação de incentivos. Com grande representatividade em todo o país, a Nordeste Mais Alimentos teve o pedido de benefícios fiscais aprovados e injetará mais de R$20 milhões na economia estadual com oferta de 162 empregos diretos. Outro empreendimento que também amplia seus investimentos em Alagoas a partir da concessão do Conedes é a Joplas, que soma mais de R$31 milhões ao orçamento destinado ao Estado e 66 novos postos de trabalho.

Completando o time de empresas que irão contribuir para o desenvolvimento econômico e geração de emprego em Alagoas está a Random – fabricante de cabines e carroceiras para caminhões – e a Mcz Fabricação de Artigos de Vidros – líder do mercado local no setor. Juntas, elas totalizam um investimento de mais de R$ 5,7 milhões e 180 postos de trabalho diretos e indiretos.

Sobre o Conedes

Os benefícios concedidos pelo Governo de Alagoas integram as ações do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin) que, em 2016, sofreu uma modernização e passou a oferecer a redução de 92% no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados. Ganharam também diferimento no ICMS, os bens destinados ao ativo fixo, a matéria-prima utilizada na fabricação de produtos e na aquisição interna de energia elétrica e gás natural.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!