Condenado a 29 anos de prisão acusado de matar dono do Maikai

Marcelo dos Santos Carnaúba, acusado de matar Guilherme Brandão, o dono da Choparia e do Show Bar Maikai, foi condenado a 29 anos, quatro meses e doze dias de prisão na noite desta quinta-feira (13).

O julgamento foi conduzido pelo juiz Geraldo Amorim. Carnaúba foi condenado a 28 anos pelo crime de homicídio e mais um ano quatro meses e doze dias pela fraude processual.

Marcelo Carnaúba foi preso em 2014, dias após o crime. Ele continuou preso até o dia do julgamento.



Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *