COMBATE AO VÍRUS: Alagoas cai dez posições e está entre os estados do Brasil com menos óbitos por Covid-19

Com 2.196 óbitos registrados até essa quinta-feira (22), Alagoas ocupa atualmente a 20ª posição no ranking nacional de mortes por Covid-19. Os números representam uma queda de dez posições na tabela quando comparados às estatísticas aferidas na primeira semana de junho, pico da pandemia. Até ali, o estado havia perdido 506 vidas para o vírus.

No caso do número de óbitos por 100 mil habitantes, a variação é semelhante. O estado saiu do 11º lugar em junho, com taxa de 15,16, para figurar na 20ª posição, com 65,40.

As informações estão disponíveis no Painel Covid-19 em Alagoas, que também pode ser acessado pelo portal alagoascontraocoronavirus.al.gov.br.

Ainda na comparação com as demais unidades da federação, Alagoas apresenta atualmente outro importante decréscimo no cenário de transmissão da Covid-19. No índice de casos confirmados, o estado passou do 11º lugar no início de junho, com 12.407 pessoas contaminadas, para ocupar agora a 19ª posição – totalizando 89.847 infectados até a última quinta-feira (20). Já no caso do indicador que mede a taxa de casos por 100 mil habitantes, Alagoas passou do 12º para o 18º lugar.

O número de casos ativos é outro parâmetro determinante do comportamento da transmissão da Covid-19. No auge do contágio, 12 mil pessoas chegaram a testar positivo para a doença simultaneamente. Até a última quarta-feira (21), eram apenas 650. O menor patamar desde então.

A evolução nas estatísticas demonstra a eficácia das medidas promovidas pelo Governo do Estado em conjunto com o apoio da população no combate ao novo coronavírus. Contudo, não custa lembrar: a pandemia não acabou. Os cuidados com o distanciamento social e com a higiene pessoal devem ser observados e praticados por todos.

Do mesmo modo, os processos de reabertura da economia e de demais setores da sociedade devem ser realizados com responsabilidade e segurança, como reforçou o governador Renan Filho durante pronunciamento realizado na última quarta-feira (21) durante coletiva de impressa transmitida online.

O chefe do Executivo anunciou a publicação do novo decreto com o plano para retomada das aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira (26), porém, apenas para o público adulto. “Dado que eles têm mais capacidade de cumprir os protocolos estabelecidos, a gente vai verificar o que ocorrerá com a volta das aulas para os adultos para, aí sim, pensar em retomar as aulas para jovens e para as crianças”, explicou o governador. “Os próximos passos dependerão do sucesso desta retomada”, avisou Renan Filho.




Botão Voltar ao topo