Com recursos próprios, escolas municipais ganham novas quadras

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a prática esportiva tem um papel fundamental na formação infanto-juvenil, auxiliando no desenvolvimento físico, motor, cognitivo, emocional e social. Alinhada com esse princípio, a Prefeitura de Maceió vem investindo em quadras poliesportivas que atendem escolas públicas municipais e a comunidade das regiões onde estão inseridas.

Atendendo diretamente cerca de quatro mil estudantes, com recursos próprios, a Prefeitura entregou um ginásio e sete quadras poliesportivas distribuídos na Ponta Grossa, no Jacintinho, na Santa Lúcia, no Benedito Bentes, no Village Campestre, na Chã da Jaqueira e no Trapiche.

Foram reformados o ginásio poliesportivo da Escola Municipal Nosso Lar; e as quadras de sete escolas: Escola Baltazar de Mendonça, Escola Donizete Calheiros, Escola Frei Damião, Escola Petrônio Viana, Escola Hévia Valéria, Escola Sérgio Luiz e Escola Antídio Vieira. As quadras das escolas Eulina Alencar e Orlando Araújo estão passando pelos últimos retoques para serem inauguradas.

O prefeito Rui Palmeira lembra que essas obras promovem integração e ultrapassam os muros das escolas. “A Prefeitura tem reforçado essas ações em comunidades com alta vulnerabilidade social. Onde, infelizmente, existem poucas opções de lazer. Por isso, esses equipamentos são tão importantes. A prioridade são os alunos, mas as estruturas vão servir também para a prática de esporte e atividades de lazer da comunidade do entorno”, garantiu.

Como explica a secretária de Educação, Ana Dayse Dórea, o investimento em esporte também contribui para a melhoria dos indicadores de ensino. “Quando os estudantes permanecem na escola, além da parte esportiva e cultural, eles têm todo o apoio pedagógico. Reforço do básico, como Português e Matemática. Além das bibliotecas, estimulando, cada vez mais, a leitura. Isso representa melhora constante nos índices e o crescimento dessas crianças”, frisou.

Essa animação pode ser conferida na fala de Abgail Vitória, de oito anos, aluna da Escola Sérgio Luiz Pessoa Braga. “A quadra ficou muito linda. O sonhou virou realidade”, falou.

Wilma Lima, responsável pela direção da escola, disse que as atividades escolares ganharam um novo impulso. “A gente fazia a prática esportiva em um piso de cimento quebrado, no sol, sem cobertura. Depois da reforma, ganhamos uma quadra coberta, um piso apropriado para futsal e prática de basquete. É um ganho enorme”, comemorou.

Ainda de acordo com a diretora, houve um ganho também para a comunidade da região. “Sempre temos muitas solicitações para o uso do espaço. É uma opção de qualidade para o lazer de todos e gera um sentimento de pertencimento que reflete no cuidado e manutenção da escola”, explicou.




Botão Voltar ao topo