Com mochila de aplicativo, homem entregava drogas no lugar de comida

Na noite desse domingo (21), um jovem foi preso no bairro do Canaã, em Maceió, ao ser flagrado com uma encomenda de drogas disfarçada de comida vendida por um conhecido aplicativo de entrega em domicílio.

De acordo com informações do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), usando uma mochila da empresa iFood, João Bruno Santos de Almeida, de 29 anos, circulava pelo bairro como entregador e foi denunciado por moradores da região. Drogas, agenda com anotações de clientes e balança de precisão foram apreendidos.

O comandante do BPGd, que registrou a ocorrência, explicou durante entrevista que João Bruno já vinha sendo monitorado pela polícia há alguns dias. “Ao perceber nossa aproximação, ele ainda tentou fugir, mas conseguimos prendê-lo com uma das entregas”. “Em seguida, o suspeito nos contou que tinha uma casa alugada onde armazenava mais entorpecentes. Estivemos no endereço e encontramos cocaína, maconha e material para embalar”, acrescentou o militar, que pediu para não ser identificado.

Ao ser questionado sobre ser entregador do iFood, João Bruno disse que não era cadastrado na empresa e usava a caixa térmica nas costas para despistar possíveis suspeitas de sua verdadeira atividade. Ele foi preso e levado para a Central de Flagrantes I, no bairro do Pinheiro, onde foi autuado por tráfico de drogas.