Collor, FHC e Temer condenam postura de Bolsonaro, mas descartam impeachment

Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer participaram de uma videoconferência do Conjur. Os ex-presidentes criticaram a postura do atual presidente Jair Bolsonaro e citaram a crise institucional, no entanto se mostraram contrários ao processo de impeachment contra Bolsonaro.

Os ex-presidentes são críticos à forma como o atual líder da nação conduz as situações. Segundo eles, Bolsonaro foge à liturgia do cargo expondo falta de serenidade num momento de grave crise.

Fernando Collor avaliou que as declarações de Jair Bolsonaro, durante um ato considerado antidemocrático e que foi notabilizado por agressões a jornalistas, são extremamente perturbadoras.

Além disso, Collor e Fernando Henrique entenderam como um erro no que se refere a nomeação de Alexandre Ramagem à Polícia Federal barrada pelo STF.


Botão Voltar ao topo
Fechar