Chef alagoano disputa prêmio final em reality da Globo nesta quinta (23)

“Devoto e militante da gastronomia alagoana”. Foi assim que o chef alagoano Serginho Jucá definiu a sua relação com um dos principais atrativos do destino Maceió no programa Mestre do Sabor, reality de culinária da Rede Globo. Formado na Espanha e neto de uma das principais referências da cozinha local, a culinarista Yeda Rocha, o chef que comanda o restaurante Sur disputa a final da competição, nesta quinta-feira (23), ao vivo, às 22h.

Serginho, que concorre ao prêmio de R$ 250 mil com outros três chefs, conquistou os paladares exigentes dos jurados com pratos como a famosa tapioquinha de siri com tintas comestíveis, bobó de cavaquinha e abóbora e lula grelhada com refogado de presunto e wasabi e purê de batata doce – todos com ingredientes alagoanos. Além do sabor regional aliados às técnicas internacionais e artísticas que caracterizam o seu trabalho, o chef se destacou pela simpatia, dedicação e o amor por Maceió e a gastronomia alagoana.

A trajetória de Serginho Jucá no programa e na arte gastronômica foi tema de uma matéria especial no site Gshow, onde o cozinheiro fala sobre o que aprendeu fora do Brasil, a devoção pela culinária local, a admiração pela avó, a ligação afetiva com os ingredientes locais e o reconhecimento nacional como representante da gastronomia de Maceió, o qual define como principal objetivo da participação no reality.

“Não é só a gastronomia alagoana que eu tentei impor aos meus pratos, acho que também o carisma do alagoano, que adora servir, e acho que consegui passar esse amor pela cozinha. Esse orgulho alagoano sempre fez parte de mim. Acredito ter despertado isso nas pessoas também. O alagoano que já me conhece, conhece minha luta, minha dor, o quanto lutei por Maceió, está muito feliz”, disse o chef de cozinha para o site.

Segundo o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), Jair Galvão, a participação e destaque de Serginho Jucá em um programa de grande audiência transmitido em horário nobre na TV aberta demonstra a qualidade da gastronomia de Maceió.

“A vocação gastronômica de Maceió aliada a uma safra de chefs renomados e muito talentosos, que misturam técnicas internacionais a ingredientes regionais, faz da culinária local o segundo motivo pelo qual os turistas escolhem vir para a capital. Serginho é um desses representantes que elevam a competitividade do destino, nos dá orgulho das origens e apresentam nossos sabores para o Brasil e o mundo. Neste momento de retorno dos bares e restaurantes, ter essa visibilidade é muito importante para a recuperação do segmento”, avaliou o secretário.

O Mestre do Sabor desta temporada contou com 12 programas gravados antes da pandemia, mais de cem pratos elaborados pelos participantes e 14 eliminações.




Botão Voltar ao topo