CESTAS BÁSICAS: última etapa de distribuição termina neste sábado (4)

Termina neste sábado (04) a última etapa de distribuição de cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social, entregues pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social. A entrega, que está sendo realizada em quatro pontos da capital contemplando todos os bairros da cidade, finaliza às 12h.

Para ter acesso ao benefício da cesta básica, a pessoa precisa estar inserida no CadÚnico de Maceió e ter renda per capita de até 178 reais e não pode ter recebido a cesta básica em etapas anteriores.

Para os beneficiários moradores dos bairros da Serraria, Barro Duro, Jacintinho, São Jorge, Ouro Preto, Antares, Cruz das Almas, Jacarecica, Guaxuma, Riacho Doce, Pescaria, Garça Torta e Ipioca, o ponto de entrega será na nova sede do Bolsa Família, localizada na Avenida Menino Marcelo, S/N, ao lado da farmácia Drogasil.

Já para os beneficiários residentes nos bairros do Trapiche, Pontal, Vergel, Prado, Levada, Ponta Grossa, Centro, Jaraguá, Poço, Jatiúca, Pajuçara, Ponta Verde, Mangabeiras e Ponta da Terra, o ponto de retirada da cesta será na Escola Municipal Professor Antídio Vieira, localizada na Rua Dr. Paulo Neto, S/N – Trapiche.

Os beneficiários que moram no Farol, Pitanguinha, Pinheiro, Feitosa, Bom Parto, Bebedouro, Mutange, Chã da Jaqueira, Chã de Bebedouro, Canaã, Gruta e Santo Amaro poderão retirar a cesta básica no Ginásio de Esportes do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa), localizado na Avenida Fernandes Lima.

Aqueles beneficiários residentes nos bairros do Tabuleiro do Martins, Petrópolis, Jardim Petrópolis, Santa Lúcia, Clima Bom, Santa Amélia, Fernão Velho, Rio Novo, Cidade Universitária, Santos Dumont e Benedito Bentes poderão dirigir-se até ao Centro Municipal de Educação Infantil Casa da Amizade, localizado na Avenida Vereador Dário Marsíglia, 300, Tabuleiro dos Martins.

As cestas são um benefício eventual com o objetivo de garantir alimentação às famílias em situação de vulnerabilidade social durante o período de quarentena e estão sendo financiadas com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).




Botão Voltar ao topo
Fechar