Cerca de 119 mil famílias podem ter direito ao desconto da Tarifa Social e ainda não solicitaram o benefício

Equatorial incentiva alagoanos a fazem o cadastro para obter descontos de até 65% na conta de energia elétrica

Em Alagoas, o benefício já é concedido para mais de 370 mil famílias

Contribuir com o bem-estar dos seus clientes e amenizar os impactos financeiros de famílias de maior vulnerabilidade, principalmente neste período de pandemia. Essa é uma das principais missões da Equatorial Energia Alagoas. Atualmente, cerca de 119 mil pessoas podem ter direito ao desconto e ainda não solicitaram o benefício do Programa Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), que oferece descontos de até 65% na conta de energia elétrica. A distribuidora explica como o cadastro pode ser efetuado, de forma simples, pelos canais de atendimento.

Quem ainda não é inscrito na Tarifa Social e está com o Número de Identificação Social (NIS) atualizado, pode fazer a solicitação pelo telefone 0800 082 0196, pelo site www.al.equatorialenergia.com.br/cadastro-baixa-renda ou, se preferir, por mensagem de texto via WhatsApp. Basta salvar o número (82) 2126-9200 na agenda do celular e mandar um “oi” para a assistente virtual Clara. As inscrições também podem ser realizadas com os leituristas, agentes de campo e agentes de negociação.

“Solicitar o benefício é muito simples e sabemos o quanto a energia elétrica é essencial na vida das pessoas. Com o desconto, que pode chegar até 65%, várias famílias podem usar o dinheiro economizado para colocar mais comida na mesa ou investir na educação dos filhos. Por isso é importante que todos tenham conhecimento sobre a Tarifa Social e estamos sempre reforçando nos meios de comunicação como o cliente pode ter acesso ao desconto”, destaca a gerente de relacionamento com o cliente Patrícia Moraes.   

Ela reforça ainda, que após a aprovação do cadastro, o desconto é concedido na fatura seguinte a validação dos dados e é fundamental que o cliente observe na sua conta de energia no campo “Dados da Unidade Consumidora” a classificação “Residencial Baixa Renda” e tipo de tarifa “Baixa Renda”. Essa informação confirma que a unidade está cadastrada na Tarifa Social.

Requisitos para ter acesso ao desconto

– Ser inscrito no CadÚnico, com renda familiar de até meio salário mínimo, por pessoa;

– Ser idoso ou deficiente que recebe o Benefício da Prestação Continuada (BPC) com renda mensal por pessoa, inferior a um quarto do salário mínimo;

– Famílias inscritas no CadÚnico que tenha portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada, com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos;

– Famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único com renda menor ou igual a meio salário mínimo, por pessoa da família ou que possuam, entre seus moradores, algum beneficiário do BPC.

Faixas de desconto:

– Até 30 kWh/mês de consumo: 65% de desconto

– Acima de 30 kWh/mês e até 100 kWh/mês: 40% de desconto

– Acima de 100 kWh/mês e até 220 kWh/mês: 10% de desconto

– Acima de 220 kWh/mês: não tem desconto

Em Alagoas, o benefício já é concedido para mais de 370 mil famílias e a distribuidora reforça que permanece atuando junto às prefeituras, fortalecendo a parceria e trabalhando de forma integrada para ampliação do cadastro com o objetivo de ofertar um serviço acessível e de qualidade para todos os alagoanos.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo